Polícia retoma busca por Eliza em sítios de Bruno e Bola

Ontem, policiais e peritos estiveram no sítio do goleiro para realizar exames e análises periciais em dois cômodos

AE |

A Polícia Civil de Minas retomou na manhã de hoje as buscas por vestígios do assassinato de Eliza Samudio nos sítios do goleiro Bruno Fernandes Souza e de Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, amigo do atleta, em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte. Eliza, de 25 anos, desaparecida desde o início de junho, tentava provar na Justiça que o goleiro é o pai do filho dela, de cinco meses. Na terça-feira, a polícia e peritos estiveram no sítio do goleiro para realizar exames e análises periciais em dois cômodos.

AE
Polícia retoma buscas na casa de Bola em Minas Gerais
Ontem, o adolescente J., de 17 anos, afirmou novamente que Bruno não esteve presente no local em que sua ex-amante foi supostamente morta, contrariando declaração de outro primo do goleiro, Sérgio Rosa Sales. O jovem foi ouvido na tarde de ontem pelo promotor Leonardo Barreto Moreira Alves após ter sido transferido do Rio de Janeiro para a capital mineira, onde ficará por 45 dias no Centro de Internação Provisória (CEIP).

De acordo com o promotor, o menor ficará à disposição da Justiça até a conclusão de um procedimento aberto no Juizado da Infância e Juventude que correrá paralelamente ao inquérito instaurado pela Delegacia de Homicídios de Contagem (MG).

AE
Casa do sítio de propriedade do goleiro Bruno no Condomínio Turmalina, na cidade Esmeralda, região metropolitana de Belo Horizonte

    Leia tudo sobre: eliza samudiobrunocrimedayanne souza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG