Polícia pede exame de DNA de corpo encontrado em SP

Corpo carbonizado foi encontrado em um matagal do município de Cachoeira Paulista e pode ser de Eliza Samudio

Alessandra Mendes, especial para o iG |

A assessoria da Polícia Civil de Minas Gerais confirmou que foi enviado um ofício à polícia de Cachoeira Paulista, em São Paulo, solicitando a comparação de material genético de Eliza Samudio com um corpo encontrado carbonizado. O exame de DNA deve ser feito em São Paulo ainda esta semana.

O corpo, totalmente carbonizado e sem a arcada dentária superior, foi localizado em Cachoeira Paulista, no bairro São Miguel, no dia 26 de junho.

Os peritos paulistas não conseguiram determinar se a vítima era um homem ou uma mulher. A polícia acredita, no entanto, que seja um corpo feminino por causa da estatura. A vítima foi enterrada como indigente e a polícia da cidade não registra nenhuma queixa de desaparecimento.

Os peritos preservaram um pedaço do fêmur e um dente do cadáver para eventual identificação. O material vai ser comparado com o DNA coletado dos pais de Eliza Samudio. Ainda não há previsão para o resultado do exame, mas a análise deve ser concluída ainda esta semana.

    Leia tudo sobre: caso brunoeliza samudio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG