Polícia ouve três suspeitos do desaparecimento de Eliza Samudio

Delegados ouvem Sérgio Rosa Sales, Marcos Aparecido dos Santos e o adolescente de 17 anos

Alessandra Mendes, especial para o iG |

Os delegados que conduzem as investigações sobre o sumiço e possível assassinato de Eliza Samúdio ouvem nesta quinta-feira (15) três suspeitos em Belo Horizonte. Sérgio Rosa Sales, primo de Bruno, e Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, depõem no Departamento de Investigações de BH. O adolescente de 17 anos é ouvido na Centro de Internação Provisória (Ceip).

Com o interrogatório, a polícia espera obter mais detalhes sobre o crime e para esclarecer alguns pontos que ainda faltam se encaixar após outros depoimentos. Sérgio, de acordo com os delegados, é o que vem colaborando mais com os trabalhos do inquérito. Ele é mantido preso no Ceresp - Centro de Remanejamento de Presos São Cristóvão, e não no presídio de segurança máxima Nelson Hungria como os outros. 

Outro que se mostra cooperativo com a polícia é o adolescente de 17 anos, que é ouvido nesta quinta-feira (15) novamente. Nesta quarta-feira, o menor falou por cerca de oito horas com a delegada Ana Maria Santos, que voltou para o Ceip para uma nova oitiva nesta tarde. A expectativa é que o menor confirme o que já foi dito e traga mais novidades sobre a participação de cada um no crime. Principalmente do goleiro Bruno, primo dele, que o menor ainda preserva durante os depoimentos. 

    Leia tudo sobre: Caso BrunoEliza SamudioBola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG