Polícia mineira poderá ouvir Fernanda, amante de Bruno

Fernanda seria amante do goleiro Bruno e teria tido contato com ele durante o suposto crime em Minas Gerais

AE |

A Polícia Civil mineira poderá ouvir Fernanda Gomes de Castro, de 32 anos, a mais nova personagem do caso, que seria amante do goleiro Bruno e teria tido contato com ele durante o suposto crime, disse nesta terça-feira a delegada Ana Maria Santos, da Delegacia de Homicídios de Contagem, em Minas Gerais, onde está o inquérito da morte de Eliza Samudio. 

De acordo com a delegada, o nome de Fernanda já foi citado em alguns depoimentos e a Polícia Civil carioca estaria apurando a participação dela no suposto sequestro de Eliza. "A polícia do Rio está investigando essa situação e, assim que for o caso, estaremos buscando por ela para prestar depoimento". 

nullAinda segundo a delegada, a polícia aguarda a transferência do adolescente J. para Belo Horizonte. Ana Maria ressaltou que a família de J. procurou a polícia e formalizou o interesse de que o menor fique internado na capital mineira. Ela admitiu a possibilidade de fazer uma acareação entre J. e o primo de Bruno, Sergio Camelo, suspeito de envolvimento na morte, que também cumpre prisão temporária.

Perícia

O veterinário Fernando Pinto Pinheiro compareceu hoje ao departamento de investigação da polícia mineira para conversar com o delegado Edson Moreira sobre uma possível perícia nos cães. O veterinário ressaltou que é possível que os animais tenham sido usados para o suposto desaparecimento dos restos mortais de Eliza, conforme o depoimento.

    Leia tudo sobre: BrunoEliza Samudiofernanda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG