Polícia busca corpo de Eliza em sítio de ex-policial civil

Endereço, mantido em sigilo, pela polícia, fica no mesmo bairro do sítio do goleiro Bruno Fernandes

Alessandra Mendes, especial para o iG |

Homens do Corpo de Bombeiros foram solicitados na tarde desta quinta-feira pela Polícia Civil para realizar buscas em um local "sigiloso". O endereço do alvo das buscas não foi passado para a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros. Mas fontes ligadas às investigações afirmaram que se trata do sítio de Marcos Aparecido dos Santos, de 47 anos, ex-policial civil que seria o responsável pelo assassinato e ocultação do corpo de Eliza Samudio.

O sítio fica no bairro Coqueirais, na cidade de Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte. Mesmo município onde se localiza o sítio do goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes, que teria levado Eliza, junto com amigos, para ser morta na casa do ex-policial que fica em Vespasiano (Grande BH).

A polícia já solicitou à Justiça a prisão temporária de Marcos, conhecido como "Paulista", "Bola" e "Nenem". Agora, caso os policiais e bombeiros encontrem algum vestígio do corpo de Eliza no sítio do ex-agente da Polícia Civil, a situação fica ainda pior para Marcos. E poupa a polícia de trabalhar com um inquérito baseado em materialidade indireta, ou seja quando o corpo da vítima de homicídio não é encontrado.

    Leia tudo sobre: goleiro brunoeliza samudio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG