Outra delegada é afastada do caso de Eliza Samudio

Polícia afasta chefe da Divisão de Homicídios de Contagem

Alessandra Mendes, especial para o iG |

Além da delegada Alessandra Wilke da Divisão de Homicídios (DH) de Contagem, que presidia o inquérito do caso de Eliza Samudio, também foi afastada a delegada Ana Maria dos Santos, que era chefe-geral da DH da cidade, segundo a assessoria da polícia civil de Minas Gerais.

O motivo do afastamento de Ana Maria dos Santos não foi explicado. Na tarde desta segunda-feira (19), o chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Marco Antônio Monteiro, leu uma nota em que confirmava a saída de Alessandra Wilke e logo em seguida, explicou que uma sindicância foi aberta pela corregedoria mineira para apurar um vídeo feito durante o voo que trouxe o goleiro Bruno do Rio de Janeiro para Minas Gerais.

Na filmagem, aparentemente feita sem o conhecimento do atleta, Bruno conversa com um policial não identificado da DI de Contagem, e revela não acreditar em Macarrão, além de afirmar que é inocente das acusações.


O vídeo foi veiculado primeiramente no programa ‘Fantástico’, do último domingo (18), da TV Globo.

O chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Marco Antônio Monteiro, decidiu que o delegado Edson Moreira, chefe do Departamento de Investigação, será a partir de agora o responsável pelo inquérito da suposta morte de Eliza Samudio.

    Leia tudo sobre: ELIZA SAMUDIOVÍDEOEDSON MOREIRABRUNO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG