Mesmo com suspeitos presos, corpo de Eliza segue desaparecido

Buscas só serão retomadas após a polícia reunir novas pistas sobre paradeiro da jovem

Bruna Fantti e Daniel Gonçalves, especial para o iG |

O Corpo de Bombeiros informou neste sábado que não há solicitações da Polícia Civil para realização de novas buscas pelo corpo de Eliza Samudio, 25 anos, desaparecida desde o dia 4 de junho. Segundo a assessoria de imprensa da corporação, enquanto não houver mais denúncias ou pistas os trabalhos permanecem interrompidos. Hoje a polícia não pretende tomar mais depoimentos. Ontem (9), o sítio que seria do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, em Esmeraldas (MG), foi vasculhado em um raio de um quilômetro. Os agentes procuraram por vestígios em duas cisternas e em um areal.

A manhã deste sábado foi atípica no Departamento de Investigações da Polícia Civil de Belo Horizonte. A agitação dos últimos dias, com a chegada de presos, incluindo o goleiro Bruno e Luiz Henrique Rumão, o Macarrão, deu lugar à calmaria. A entrada da unidade não está mais com policiamento reforçado. Os últimos três foragidos da Justiça f oram encontrados ontem .

Flávio Caetano de Araújo, Elenilson Vitor da Silva (administrador do sítio de Bruno) e Wemerson Marques, conhecido como Coxinha, foram presos em Igarapé, região metropolitana de BH. Eles foram encaminhados para a penitenciária Nelson Hungria, onde já se encontram os outros envolvidos no desaparecimento de Eliza.

    Leia tudo sobre: eliza samudiobrunocrimedayanne souza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG