Mãe de Eliza vai buscar neto em Foz do Iguaçu

Justiça concede a guarda provisória da criança para Sônia de Fátima Moura

Alessandra Mendes, especial para o iG |

Sônia de Fátima Moura e a advogada dela, Maria Lúcia Gomes, saíram nesta tarde (8) de Belo Horizonte com destino a Foz do Iguaçu. B., de 4 meses, filho de Eliza Samudio, agora vai viver com a avó. Foi o que decidiu a Justiça nesta quinta-feira (8), que concedeu a guarda do menino para Sônia Moura, de 44 anos.

De acordo com Maria Lúcia, não havia condições para Luís Carlos Samudio ficar com o menino. "É preciso muito mais do que dinheiro para se criar uma criança. É preciso ter condições psicológicas, sociais e o mais importante, base familiar", afirmou a advogada de Sônia.

O motivo pelo qual a guarda foi transferida do pai para a mãe de Eliza, seria o fato de Luís Carlos responder, em Foz do Iguaçu, pelo crime de estupro, que teria sido cometido por ele em 2003. A decisão da alteração da guarda provisória do bebê foi tomada pelo juiz Guilherme Cubas César, tirular da Vara de Família de Foz do Iguaçu, mesmo magistrado que havia concedido a guarda da criança para Luís Carlos Samudio.

    Leia tudo sobre: caso goleiro brunoeliza samudio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG