Advogado de acusado de matar Eliza pediu que o cliente não fosse levado à audiência novamente e foi atendido

A juíza Marixa Fabiane solicitou que Luis Henrique Romão, o Macarrão, fosse novamente trazido ao plenário para confirmar se gostaria ou não de depor. Na noite de quinta-feira, uma discussão entre os defensores do acusado e magistrada fez com que o réu – que já havia declarado que gostaria de esclarecer os fatos – optasse por não falar mais.

O advogado Cláudio Daledone afirmou que já havia orientado o réu a não falar e que sua decisão estaria sendo contrariada caso ele viesse. ”Não me sinto apto a interrogá-lo sem ouvir os delegados”, disse e pediu que a juíza reconsiderasse a decisão de interrogar Júlio Wilke e Edson Moreira, mas ela negou. Ele, então, afirmou que não gostaria que Macarrão fosse novamente trazido à audiência e foi atendido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.