Goleiro Bruno passa mal em penitenciária

Ele foi diagnosticado com queda de pressão, possivelmente pelo tempo quente e seco de Minas Gerais

Denise Motta, iG Minas |


AE
Ex-goleiro Bruno chora em audiência sobre suposto caso de extorsão denunciado por sua noiva, em junho deste ano
O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes de Souza, que aguarda julgamento pelo desaparecimento da ex-amante Eliza Samudio, se sentiu mal na Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria em Contagem, na Grande Belo Horizonte.

De acordo com informações da Secretaria Estadual de Defesa Social, Bruno foi diagnosticado com queda de pressão, possivelmente pelo tempo quente e seco. O atleta foi levado à enfermaria por volta de 13h30 de domingo (11) e ficou no local, em observação, até às 19h do mesmo dia.

Leia a cobertura completa do caso do goleiro Bruno

A pressão do ex-goleiro está normal nesta segunda-feira e por isso ele já voltou à sua rotina na prisão. Bruno é acusado de envolvimento no desaparecimento de Eliza, com quem ele teve um filho, Bruninho. Entre os crimes aos quais ele responde estão sequestro, cárcere privado, assassinato e ocultação de cadáver. A expectativa de envolvidos no processo é de que o julgamento ocorra em 2012.

Dos réus, além de Bruno, estão presos o ex-policial Marcos Aparecido, conhecido como Bola; Luiz Henrique Romão, o Macarrãom além de um primo do ex-goleiro que, por ser menor na ocasião dos crimes, cumpre medida socieducativa em instituição para adolescentes em Belo Horizonte desde o ano passado.

Outro primo de Bruno, Sérgio Rosa Sales, conhecido como Camelo, conseguiu o direito de responder pelos crimes em liberdade e deixou a prisão no dia 11 de agosto deste ano. Também estão em liberdade a ex-mulher de Bruno Dayanne Souza, a ex-namorada Fernanda Gomes de Castro, o caseiro do sítio Elenilson da Silva e um amigo, Wemerson Marques de Souza.

    Leia tudo sobre: goleiro brunoeliza samudio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG