Ex-namorada de goleiro muda depoimento e diz que conheceu Eliza

Depoimento de Fernanda termina por volta das 18h30 e agora MP e defesa devem se manifestar sobre julgamento do caso

Camila Dias, de Contagem |

A ex-namorada do goleiro Bruno Fernanda Gomes de Castro, 33, prestou depoimento nesta sexta-feira no Fórum de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, sobre o desaparecimento de Eliza Samudio. Ela mudou a versão prestada anteriormente e disse que conheceu Eliza. Depois de quase quatro horas de depoimento, Fernanda terminou sua declaração por volta das 18h30. Com isso, encerra-se a semana de depoimentos do caso. Agora, o Ministério Público e a defesa serão intimados pela juíza Marixa Fabiane Lopes para apresentarem alegações finais e se manifestarem sobre se querem júri popular sobre o caso ou não. Depois disso, a juíza decide sobre como será o julgamento.

Além de Fernanda, os amigos do goleiro Bruno Wemerson Marques de Souza, conhecido como “Coxinha”, e Flávio Caetano de Araújo, mudaram versão apresentada à Polícia Civil e disseram que viram Eliza em sítio do goleiro .

O promotor Gustavo Fantini também viu contradição no depoimento de Bruno, o primeiro à Justiça.

Assim como Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, o primeiro a prestar depoimento nesta sexta-feira sobre o caso, Fernanda não veste uniforme da penitenciária e usa uma camiseta de igreja e calça branca. Ao entrar no Fórum, Fernanda acenou e mandou beijos para mãe e para o filho que acompanham o depoimento. 

A juíza Marixa Lopes levou 30 minutos para ler o depoimento que Fernanda prestou à Polícia Civil. Perguntada se queria mudar algo do que estava escrito, a acusada apenas respondeu que queria pedir perdão à Justiça mineira. "Eu quero pedir perdão à senhora, ao senhor promotor e à Justiça Mineira, porque em um primeiro momento de desespero meu, eu omiti e menti sobre a verdade quando disse que nunca tinha visto Eliza Samudio", relatou chorando.

Fernanda contou à juíza que coordena um grupo de ação carismática em igreja do bairro Santa Cruz (RJ), onde mora. De acordo com ela, ao sair da casa do goleiro um dia depois em que supostamente Eliza, o bebê e o adolescente J., primo de Bruno, dormiram em sua casa no Rio, Fernanda foi com  adolescente para uma reunião do grupo carismático.

Fernanda ainda contou que Eliza disse, por meio de Macarrão, que Bruno tinha oferecido um apartamento para Eliza ir para Belo Horizonte, porque se caso ele fosse para a Itália e se fosse comprovado que o bebê era filho dele, o atleta gostaria que Eliza se mantivesse próxima à família dele.

Segundo a ex-namorada, Macarrão intermediava negociação entre Bruno e Eliza. “Eliza falou que o Macarrão que fazia o intermédio entre ela e Bruno, que ela nem tinha mais o número do rádio de Bruno e que há muito tempo estavam enrolando ela pra fazer o exame de DNA”.

De acordo com Fernanda Gomes, Eliza disse que ela que namorou o goleiro durante três meses: "Ela disse que o Bruno fala que a conheceu numa festa na casa de um amigo e ficou Eliza só uma vez, mas de acordo com ela, os dois se relacionaram durante três meses", contou Fernanda à juíza.

Fernanda diz que Bruno estava com medo de “armação”

O promotor Gustavo Fantini perguntou para Fernanda como ela foi apresentada a Bruno. Ela disse que foi em março, por meio de um amigo quando estava em um bar no Rio de Janeiro.

Posteriormente, o promotor perguntou o que ela fazia na casa da mãe de Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, quando foi presa, em Ribeirão das Neves. Fernanda afirmou que foi lá entregar cartões bancários e não sabia que sua prisão havia sido decretada.

Depois, o assistente da acusação, José Arteiro Cavalcante, perguntou se Bruno fez algum comentário sobre o fato de Eliza não ter voltado, a ex-namorada contou: "Bruno disse que estava com medo dela não voltar e acabar arrumando problemas pra ele porque ela deixou o bebê lá. Ele tava com medo dela estar fazendo armação para complicar a vida dele" respondeu.

Posteriormente, o advogado perguntou onde Eliza estava quando Fernanda voltou para o Rio de Janeiro e segundo a ex-namorada, Eliza estava sozinha, na varanda do sítio.

Agência Estado
Fernanda Castro, ex-namorada do goleiro Bruno, presta depoimento em Fórum de Contagem

    Leia tudo sobre: ex-namoradabrunoeliza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG