Bruno volta a passar mal em penitenciária

Jogador teve queda de pressão e foi atendido pelo Samu

Alessandra Mendes, especial para o iG |

AE
Ficha de Bruno na polícia
O goleiro Bruno voltou a se sentir mal nesta segunda-feira e teve que ser atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele está detido no presídio de segurança máxima Nelson Hungria, no município de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). De acordo com o advogado do jogador, Ércio Quaresma, Bruno teve uma queda de pressão, mas já está bem.

De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), um boletim médico deve ser divulgado ainda na tarde desta segunda-feira para esclarecer o que houve com o goleiro. No último domingo (11), o atleta se sentiu mal dentro da cela e foi atendido pela enfermeira de plantão da unidade prisional. A profissional mediu a pressão do goleiro, que não apresentava alterações preocupantes, e fez o acompanhamento do paciente até que ele se sentisse melhor.

Este é o quarto dia do jogador no presídio. Ele está em uma cela isolada de aproximadamente seis metros quadrados, sem direito a visitas e nem banho de sol durante os primeiros 30 dias. A cela tem uma pia, uma latrina, uma cama de concreto com um colchão fino e não tem janela. Por dia, Bruno tem direito a quatro refeições.

    Leia tudo sobre: BrunoEliza SamudiogoleiroFlamengo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG