Bruno e outros presos vão de cabeça raspada para delegacia

Suspeitos do desaparecimento e morte de Eliza Samudio seriam identificados para fechamento de inquérito

Alessandra Mendes, especial para o iG |

Agência Estado
Goleiro Bruno com a cabeça raspada nesta quinta-feira
O goleiro Bruno e os outros presos do caso do desaparecimento de Eliza Samudio chegaram por volta das 8h40 ao Departamento de Investigações (DI), em Lagoinhas, Belo Horizonte. Eles estavam com a cabeça raspada. O comboio com noves viaturas entrou pela lateral do DI. Os suspeitos vão tirar impressões digitais para identificação oficial, necessária no fechamento do inquérito.

De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social, Bruno pediu para cortar o cabelo na penitenciária de segurança máxima Nelson Hungria, em Contagem (Grande BH).

Para se resguardar de uma suspeita de que os cabelos fossem usados para o teste de paternidade, que corre na Justiça carioca, os agentes deixaram que ele mesmo fizesse o corte.

Usando uma máquina de cortar cabelo, Bruno usou primeiro o pente de número 3, não ficou satisfeito e resolveu usar o pente menor, de número 1. O goleiro ficou com o cabelo muito curto, quase totalmente raspado. Depois os cabelos cortados foram queimados na frente do jogador para que depois não fossem levantadas dúvidas se o material teria sido usado para algum outro fim ligado às investigações de paternidade ou desaparecimento de Eliza.

A Secretaria esclareceu que o detento pode cortar o próprio cabelo, levando em consideração esse tipo de ocasião. Luíz Henrique Romão, o Macarrão, amigo de Bruno, também quis cortar o cabelo e teve o pedido atendido por agentes penitenciários. Macarrão também está quase com a cabeça raspada.

Os outros quatro suspeitos detidos na Nelson Hungria, Elenílson Vítor da Silva, Flávio de Araújo, Wemerson Marques e o ex-policial civil, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, ainda não passaram pelo corte de cabelo na penitenciária, excento quando foram recebidos no início do mês.

Veja abaixo o passo a passo do caso:

    Leia tudo sobre: eliza samudiogoleiro brunodesaparecimento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG