Bruno e Macarrão estão foragidos, diz delegado

Sete mandados de prisão e um de apreensão foram expedidos pela Justiça mineira para suspeitos de envolvimento no sumiço de Eliza

Alessandra Mendes, especial para o iG |

Sete mandados de prisão e um de apreensão já foram expedidos pela Justiça mineira para suspeitos de envolvimento no sumiço de Eliza Samudio, 25 anos, ex-amante do goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes. O próprio jogador tem um mandado de prisão temporária e já é considerado foragido, assim como o amigo dele Luíz Henrique Ferreira Romão, conhecido como Macarrão.

Em entrevista coletiva realizada na manhã de hoje (7), o chefe do Departamento de Investigações, Edson Moreira, informou que os mandados foram concedidos pela juíza de Contagem, Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, para que os suspeitos não atrapalhassem as investigações.

São eles: Bruno Fernandes das Dores Souza, Luiz Henrique Ferreira Romão (Macarrão), Dayanne Rodrigues do Carmo Souza, Flávio Caetano de Araújo, Wemerson Marques de Souza (Coxinha), Elenilson Vitor da Silva e Sérgio Rosa Sales Camelo. Todos são acusados de envolvimento no desaparecimento de Eliza Samudio. Há ainda um mandado de apreensão, expedido ao menor encontrado na casa de Bruno na última terça-feira .

De acordo com Moreira, Bruno, Macarrão e Dayanne, mulher do goleiro, estariam sumindo com provas e aliciando testemunhas para criar uma versão mentirosa dos fatos com o intuito de despistar os policiais para o foco do inquérito. A polícia também cumpre nesta manhã quatro mandados de busca e apreensão em locais ainda não revelados.

    Leia tudo sobre: BrunoEliza Samudiodesaparecimentogoleiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG