Autores de vídeo de Bruno feito dentro de avião são identificados

Gravação fazia parte da operação, mas vazamento para imprensa será investigado, segundo nota da polícia

Alessandra Mendes, especial para o iG |

A assessoria da polícia civil de Minas Gerais divulgou uma nota na qual diz ter identificado os responsáveis pela gravação do vídeo feito dentro do avião q ue transportava o goleiro Bruno Rodrigues, do Rio de Janeiro para Belo Horizonte, aparentemente, sem conhecimento do atleta, no dia 8 de julho.

De acordo com a nota, a gravação foi realizada “como registro de toda a operação, realizada no Rio de Janeiro, no cumprimento de mandados de prisão, mandados de buscas e apreensões e a transferência de presos até Belo Horizonte”. Ela foi feita por um investigador, com uma máquina digital, a pedido do chefe da operação da transferência. Eles não tiveram os nomes divulgados.

No entanto, ainda não se sabe quem teria divulgado o vídeo para a TV Globo, que primeiramente exibiu a gravação no programa ‘Fantástico’, no último domingo.

De acordo com a polícia, será apurada em 30 dias a “possível transgressão disciplinar ou crime cometido por policiais”, que teriam repassado a gravação.

O vazamento do vídeo foi determinante para o afastamento das delegadas da Divisão de Homicídios de Contagem , em Minas Gerais, que coordenavam as investigações sobre o desaparecimento e possível assassinato de Eliza Samudio.

O inquérito, por determinação do chefe da polícia civil mineira, Marco Antônio Monteiro de Castro, está sendo conduzido pelo delegado Edson Moreira, do Departamento de Investigações de Belo Horizonte.

    Leia tudo sobre: vídeoBrunovazamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG