Amante do goleiro Bruno é presa em Minas Gerais

Fernanda Gomes de Castro ficará presa na mesma penitenciária que Dayanne Rodrigues, mulher do goleiro

Alessandra Mendes, especial para o iG |

Agentes da polícia de Minas Gerais prenderam, na tarde desta quinta-feira (5), a amante do goleiro Bruno Fernanda Gomes de Castro. Ela estava na casa do pai de Luiz Henrique Romão, o Macarrão, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte.

Agência Estado
Fernanda Gomes de Castro foi presa nesta quinta-feira em Ribeirão das Neves
Fernanda era a única que estava em liberdade, entre os nove denunciados pelo Ministério Público pelo desaparecimento e morte de Eliza Samudio.

A prisão preventiva de Fernanda foi decretada pela juíza da Vara do Tribunal do Júri de Contagem, Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, que afirmou que a denunciada poderia, na condição de amante de Bruno, servir de emissária dos demais acusados.

Segundo a Polícia Civil, a prisão de Fernanda foi feita por agentes da Delegacia de Homicídios de Contagem. De acordo com a polícia, a amante de Bruno estava escondida no local, que fica no bairro Liberdade, desde quarta-feira.

Ela será levada ainda nesta quinta-feira (5) para a penitenciária Estevão Pinto, na região central de Belo Horizonte. No local também está detida a mulher do goleiro Bruno, Dayanne Rodrigues.

Fernanda ficará em uma cela sozinha durante 30 dias - período de adaptação.

Antes de chegar ao DI (Departamento de Investigações), em Belo Horizonte, de onde irá  para a penitenciária, Fernanda fez exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal.

Participação no crime

Os investigadores afirmam que Fernanda Castro teve contato direto com Eliza Samudio. Ela teria recebido Eliza no apartamento de Bruno, na zona oeste do Rio de Janeiro, logo após ter ocorrido o sequestro no dia 04 de junho, escondendo o rosto com uma camisa branca.

Fernanda também estaria presente no sítio do goleiro, em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte, como contam testemunhas ouvidas pela polícia durante as investigações. Fernanda Castro vai responder pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, corrupção de menores, ocultação de cadáver, sequestro e cárcere privado qualificado, como consta na denúnica entregue à Justiça pelo Ministério Público.

Denúncia

Nesta quinta-feira a juíza Marixa recebeu a denúncia contra os nove acusados de participação no crime . Ela também decretou a prisão preventida para dos outro oito indiciados. Bruno Fernandes das Dores de Souza, o amigo dele Luiz Henrique Romão (conhecido como Macarrão), Dayanne Souza (mulher do jogador), Elenílson Vítor da Silva (caseiro do sítio de Bruno), Flávio Caetano de Araújo, Wemerson Marques, Sérgio Rosa Sales (primo do goleiro) e Fernanda Gomes responderão por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado na forma qualificada, ocultação de cadáver e corrupção de menor. O ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, foi denunciado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver

    Leia tudo sobre: FERNANDAMACARRÃOPRESAbrunoeliza samudio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG