Jovem prestou depoimento na Vara da Infância e Juventude de Contagem

A delegada Ana Maria Santos, chefe da Delegacia de Homicídios de Contagem, na Grande BH, protocolou na tarde desta terça-feira (13) um pedido para a Polícia Civil ouvir o depoimento do adolescente de 17 anos, apreendido no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil. O menor estaria envolvido no desaparecimento e suposto assassinato de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes.

O adolescente vai ficar internado por 45 dias na capital mineira, no Centro de Internação Provisória, no bairro Horto, região leste de Belo Horizonte. A decisão é do juiz de Contagem, Elias Charbil Abdou. Durante o período de internação poderá ser marcada a audiência de instrução e julgamento, que vai definir se o menor teve participação ou não no crime.

Depoimento

O adolescente, que é primo de Bruno, foi ouvido na tarde desta terça-feira na Vara da Infância e Juventude de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As informações da oitiva, assistida pelo juiz Abdou e também pelo promotor da Vara, Leonardo Alves, não foram reveladas pelo Ministério Público e nem pela Polícia Civil.

Os delegados estudam a possibilidade de uma acareação entre o adolescente e outros envolvidos na suposta morte de Eliza Samudio, principalmente com Sérgio Camelo, também primo de Bruno, que já falou com a polícia sobre o caso. Os dois depoimento têm pontos divergentes e uma acareação poderia esclarecer alguns itens, além de informar mais detalhes sobre o desaparecimento da ex-amante de Bruno.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.