Após nova denúncia, polícia faz buscas para encontrar ossada de Eliza Samudio

Restos mortais da ex-amante do goleiro Bruno estariam enterrados entre duas palmeiras em sítio de Esmeraldas, cidade da Grande BH; polícia aguarda mandado judicial para entrar

iG São Paulo | - Atualizada às

A Polícia Civil de Ribeirão das Neves, cidade da região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, recebeu na noite de segunda-feira (27) uma denúncia anônima sobre a possível localização da ossada de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno. O denunciante informou, durante ligação, que os ossos da modelo foram enterrados entre duas palmeiras em uma fazenda, na região de Esmeraldas.

Leia também:  Corregedoria investigará morte de primo do goleiro Bruno

AE
Agentes do Corpo de Bombeiros escavam o local onde, segundo denúncia anônima, pode estar a ossada de Eliza Samudio

Com a autorização do novo proprietário do terreno e o mandado de busca e apreensão, equipes de perícia da Polícia Civil e viaturas do Corpo de Bombeiros retornaram ao local e iniciaram as buscas. Investigadores afirmaram que picaretas são utilizadas para a escavação do ponto informado pelo denunciante.

Marcelo Theobald/Agência O Globo
Eliza Samudio, a ex-amante do goleiro Bruno

Durante a madrugada, logo após o recebimento da denúncia, foram enviadas ao local viaturas da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Porém, a ausência de uma mandado de busca inviabilizou o trabalho policial.

Lista de execuções

O caso voltou a ganhar espaço na imprensa após a morte do primo de Bruno Fernandes, Sérgio Rosa Sales, morto a tiros na quarta-feira (22) no bairro Minaslândia, em Belo Horizonte. Segundo a PM, ele foi foi atingido por cinco tiros após ser seguido por dois homens. Sales era um dos réus no processo que apura o desaparecimento e morte de Eliza. A polícia trabalha com a hipótese de execução.

A morte: Primo do goleiro Bruno é assassinado em Belo Horizonte
Leia também: Saiba tudo sobre o caso Bruno

Já no domingo (26), Cleiton Gonçalves, ex-motorista do goleiro Bruno Fernandes, teria sofrido duas tentativas de homicídio, uma na tarde de domingo (26), quando levou um tiro de raspão no ombro, e outra na noite de ontem (27) sem grandes consequências, segundo depoimento prestado por ele no Departamento de Investigação da Polícia Civil, no bairro São Cristóvão, região Noroeste de Belo Horizonte (MG), na manha desta terça-feira. A Polícia investiga o caso para ver se existe relação com o caso Eliza Samudio.

*com O Dia

Agência Estado
Movimentação policial em frente a um sítio em Esmeraldas


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG