Gaguim apresenta metas de governo

Candidato diz que reduziu dívida do Tocantins, vai gerar empregos e construir escolas

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

O governador do Tocantins Carlos Gaguim (PMDB) e candidato à reeleição, afirmou que o seu plano de governo “é exequível. O Estado tem capacidade financeira para realizar as metas que planejei. As minhas promessas de campanha não são eleitoreiras, são compromissos”. E assegurou que tem propostas para todas as áreas, da saúde à educação.

“O Tocantins reduziu sua dívida de R$ 515 milhões em 2002 para 262 milhões de reais em junho deste ano – 49%. Comparando-se a dívida à Receita em 2002 a relação era de 37%; em 2010 (até junho) é de apenas 7%, embora o limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) seja de 200%,” disse o candidato

Ele defendeu “a contratação de operação de créditos com organismos nacionais e internacionais.” E ressaltou que “em apenas 10 meses consegui contratar e receber aproximadamente 500 milhões de reais. Em 2002 o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged),registrou que o Estado gerou 425 empregos”.

Postos de trabalho

No primeiro semestre de 2010 – acrescentou – “foram gerados 6.411 postos de trabalho. Em 2002 as exportações representavam US$ 6,2 milhões. Em 2009 subiram para US$ 280,7 milhões”. Gaguim disse que seu governo e de Marcelo Miranda “aumentaram o nível de investimentos para o desenvolvimento do Estado em 50%”.

Isto “quando comparados os períodos de 1999-2002, com média de R$ 480 milhões. De 2003 a 2009 a média subiu para R$ 722 milhões.” Gaguim disse ainda “que nos primeiros 7 meses de governo foram investidos R$ 385 milhões em projetos de infraestrutura”. E que “na crise econômica mundial de 2009 a economia do Estado se manteve aquecida, gerando cerca de 58 mil empregos.

No primeiro semestre de 2010 foram gerados 35 mil empregos. Os dados do Caged mostram que o Governo do Estado vem aumentando esses índices”. E se for reeleito, prometeu “lutar para reduzir as desigualdades sociais, que resultam da falta de oportunidades, pobreza e fome. Para isso é necessário a ampliação da oferta de serviços sociais ao povo.”

Investimentos

Gaguim citou como metas “investimentos nas áreas de educação, saúde, segurança pública, oportunidade de trabalho e geração de renda.” Na área da Educação,ele defende “a construção de cinco centros de Ensino Profissionalizante, o aumento de 50% no número de bolsas de graduação, de pós- graduação para estudantes e pesquisadores e a construção de quatro novas Casas do Estudante no Estado”.

O candidato prometeu construir “50 Escolas de Tempo Integral e revisar o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos profissionais do magistério. Vou ampliar a concessão de créditos educativos para os estudantes carentes, por meio do Proeducar, para 4 mil beneficiados e entregar novos ônibus escolares”.

Estudantes

Segundo o peemedebista, “a meta é oferecer, gratuitamente, de 8 a 10 mil vagas para estudantes carentes nos próximos anos em cursos de graduação. Além dos recursos do Tesouro Estadual, previstos no Orçamento Estadual, vou buscar parcerias com o governo Federal, prefeituras e iniciativa privada”.

Nas áreas da saúde e funcionalismo, Gaguim defende a construção de “três grandes hospitais de referência (Gurupi, Araguaína e Porto Nacional); a realização de concursos públicos para aumentar o número de profissionais; revisar o PCCS da categoria e construir 139 Clínicas da Mulher. O orçamento previsto para a construção de cada clínica é de R$ 272.808,43”.

Segurança

Gaguim informou que “os recursos serão provenientes do Tesouro Estadual e de parcerias a serem firmadas com o governo Federal, dentre as verbas para o setor da saúde. Na área da Segurança Pública, defendo, entre outras metas, o estreitamento das relações entre as polícias e a sociedade, por meio dos Conselhos de Segurança Comunitária”.

O candidato disse que vai promover “a efetivação da Polícia Comunitária, construir a reforma e ampliação das delegacias em todo o Estado, além de aumentar os investimentos no aparelhamento da Polícia Científica.” Para ele, igrejas, famílias, escola e a sociedade devem se unir “para o combate às drogas, especialmente o crack”.

Disse ainda que “estão também nos seus planos ações de prevenção, repressão e a formalização de convênios operacionais com a Polícia Federal e com polícias de outros estados para identificar como e onde funciona a rede do tráfico no Tocantins.” Na área industrial, ele defende “a atração de novas indústrias para o Estado”.

Petrobras

“O setor será aquecido com a conclusão das obras da Ferrovia Norte-Sul, que abrigará pátios industriais em seu entorno,” acrescentou. E promete avançar na recuperação das rodovias, alfandegar o aeroporto de Palmas, concluir a ZPE de Araguaína e acelerar o Porto de Praia Norte, na região do Bico do Papagaio.

“Em breve eu vou trazer para o Tocantins uma distribuidora da Petrobras. Na área da saúde," Gaguim observa que os valores aplicados atualmente correspondem a 19% da Receita Corrente Líquida para um limite constitucional de 12%; enquanto que em 2002 era de 11%, para um investimento mínimo de 10,62%.

    Leia tudo sobre: eleições togaguim toplano de governo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG