O futuro do livro visto do passado

História cultural, leitores digitais e Wikipedia na visão de Burke e Darnton

Estevão Azevedo, especial para o iG Cultura |

Frâncio de Holanda
O historiador Robert Darnton na Flip
Quando todos se preocupam com o futuro do livro, talvez seja o momento de revisitar seu passado. A primeira das mesas da Flip sobre o destino do principal personagem da festa reuniu há pouco o inglês Peter Burke e o norte-americano Robert Darnton. Conhecidos do público brasileiro pelos livros e por artigos publicados na imprensa, os historiadores debateram as transformações sofridas pelo livro e pelo conhecimento ao longo dos últimos séculos.

O prognóstico, segundo eles, não é de todo ruim. “Não acredito na morte do livro impresso nas próximas décadas”, afirmou Burke. “Haverá apenas uma diminuição na importância dos livros em relação a outras maneiras de comunicar”, concluiu.

Darnton, que declarou não ler livros em máquinas, acredita em usos específicos: “todos usarão leitores digitais para alguns propósitos”. Para ele, “o livro digital e o impresso fortalecem um ao outro”.

Para chegar a essas conclusões, ambos retornaram, sob a mediação da antropóloga e professora da USP Lilia Schwarcz, à invenção da imprensa, e percorreram com erudição, mas não de forma maçante, os séculos até os dias de hoje. Na conversa, houve espaço para temas como a literatura obscena do século 18 e a Enciclopédia de Diderot e D’Alembert, o impacto da escrita na cultura oral, os direitos autorais e a privatização do conhecimento.

O debate sobre o passado das enciclopédias inevitavelmente conduziu ao polêmico site Wikipedia. Para Darnton, a Wikipedia tem virtudes: a alta revisibilidade e, mais importante, o fato de que a enciclopédia virtual alerta seus leitores da possibilidade de erros e lacunas. Desse modo, diz, o site incentiva a leitura crítica. Burke acrescentou: “a Wikipedia é exemplo de que todos participam do mundo do conhecimento, não só profissionais”.

O debate continua nesta sexta-feira, às 10h, na mesa “O livro: capítulo 2”, com Robert Darnton e de John Makinson.

    Leia tudo sobre: Robert DarntonPeter BurkeFlipfuturo do livro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG