Autor mexicano critica cancelamento de Antonio Tabucchi na Flip

'O que ele fez rendeu uma ou outra notícia, no dia seguinte ninguém mais fala no assunto', disse Enrique Krauze

Valmir Moratelli, enviado especial a Paraty (RJ) |

Enrique Krauze, autor de "Ideias e poder na América Latina", critica o cancelamento da participação do escritor italiano Antonio Tabucchi à nona edição da Flip .

Para ele, Tabucchi perdeu a oportunidade de abrir o debate sobre a decisão da justiça brasileira em relação ao caso Cesare Battisti, que teve seu pedido de extradição pelo governo italiano negado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Tabucchi se negou a participar do evento em represália à decisão brasileira.

"O que ele fez rendeu uma ou outra notícia no jornal, e no dia seguinte ninguém mais fala no assunto. Se ele tivesse vindo, teria ampliado o assunto, confontrando opiniões. Sou totalmente a favor de se usar uma festa literária como sta, tão bela, para ampliar discussões com inteligência", disse o escritor mexicano.

Perguntada sobre o assunto, a argentina Pola Oloixarac brincou afirmando que também pensou em boicotar a Flip. Mas por outro motivo.

"Quase boicotei a Flip em protesto pelas fumaças do vulcão chileno. Mas consegui chegar a tempo", disse se referindo às cinzas do vulcão Puyehue, que atrasou voos vindos de países vizinhos.


    Leia tudo sobre: flipenrique krazepola oloixarac

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG