Fifa admite ter dado verba extra para obras da Copa

O secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, admitiu que a entidade aprovou o pagamento de uma verba extra de US$ 100 milhões para realização de obras nos campos de treinamento que abrigarão as 32 seleções da Copa do Mundo de 2010. O dirigente fez a revelação em uma entrevista para a BBC, explicando que o aporte emergencial de dinheiro foi aprovado pela Fifa em uma reunião do comitê executivo da entidade, realizada em março.

iG São Paulo |

O secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, admitiu que a entidade aprovou o pagamento de uma verba extra de US$ 100 milhões para realização de obras nos campos de treinamento que abrigarão as 32 seleções da Copa do Mundo de 2010.

O dirigente fez a revelação em uma entrevista para a BBC, explicando que o aporte emergencial de dinheiro foi aprovado pela Fifa em uma reunião do comitê executivo da entidade, realizada em março.

"Nós sabemos que nós tivemos de adicionar algum dinheiro para as bases de treinamentos onde algumas equipes estavam insatisfeitas com o nível dos serviços dos campos", comentou Valcke, que justificou a liberação da verba dizendo que a "Fifa assumiu o custo com a tarefa de que as coisas (obras) sejam entregues a tempo".

Valcke também diz ter certeza de que o aporte financeiro implementado para realização das obras será recompensado por meio das altas receitas que a Copa do Mundo irá gerar para a Fifa.

Danny Jordaan, chefe do comitê organizador da Copa do Mundo na ¿?frica do Sul, afirmou, por sua vez, que a Fifa tinha concordado em financiar o aumento de suas receitas para as obras da Copa, tendo em vista os lucros obtidos e previstos com as vendas de ingressos e por meio do dinheiro arrecadado com a comercialização dos direitos de transmissão das partidas para a TV.

O dirigente ainda ressaltou que a ¿?frica do Sul não está desesperada atrás de dinheiro para as obras. "Nós não temos de ficar de joelhos implorando por dinheiro. Nós temos dinheiro suficiente", disse Jordaan.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG