Segundo fim de semana tem filmes aguardados

O vencedor da Palma de Ouro, os novos de Abbas Kiarostami, Sofia Coppola e Pablo Trapero e a violência pop de Robert Rodriguez são destaques

Mariane Morisawa, especial para o iG |

O segundo fim de semana do Festival do Rio está ainda mais animado do que o primeiro, com vários dos filmes mais aguardados pelo público.

Do Festival de Cannes, a maior referência quando se trata de filmes de autor, vem a Palma de Ouro, "Tio Boonmee", "Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas", do tailandês Apichatpong Weerasethakul. Trata-se de um filme de atmosfera estranha, poético e também engraçado, sobre o personagem do título, que convive com fantasmas numa casa na floresta, onde se recolhe quando está à beira da morte. A cadência é lenta e é preciso embarcar na viagem, porque as coisas mais absurdas acontecem. Mas compensa para quem consegue.

"Cópia Fiel", também concorrente no Festival de Cannes deste ano, é o mais novo trabalho do iraniano Abbas Kiarostami, um dos maiores cineastas em atividade. Juliette Binoche vive uma dona de antiquário numa pequena cidade italiana visitada por um escritor inglês (William Shimell). Durante um passeio pela região, são confundidos com um casal e passam a representar o papel de marido e mulher, num jogo entre realidade e ficção sempre presente na obra do diretor.

Em "Memórias de Xangai", o chinês Jia Zhang-ke, também um dos nomes mais instigantes do cinema mundial, faz um documentário sobre o passado e o presente da cidade de Xangai. Mais leve e palatável é "Turnê", do ator Mathieu Amalric, que levou um exagerado prêmio de direção em Cannes com a história de um tour de artistas do burlesco pela França – as protagonistas são todas divertidas artistas de burlesco.

Ganhadora do Leão de Ouro do Festival de Veneza, encerrado em meados de setembro, Sofia Coppola volta ao universo de "Encontros e Desencontros" com "Somewhere". Com sensibilidade e humor, ela mostra a vida tediosa de um jovem astro de Hollywood (Stephen Dorff) quando não está trabalhando, recheada de festas e dançarinas do poste fazendo show no quarto de hotel onde mora. Tudo muda quando sua filha de 11 anos (Elle Fanning) aparece para uma visita surpresa.

Outra boa pedida é apostar nos argentinos. Pablo Trapero retorna com Carancho, exibido na mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes. Daniel Burman exibe Dois Irmãos, e seu ator preferido, Daniel Hendler, com quem trabalhou em seus três primeiros filmes, estreia na direção de longas-metragens com Norberto Apenas Tarde.

Quem prefere algo mais pop pode apostar em Machete, última produção de Robert Rodriguez, em que ele usa a tradicional mistura de violência e humor e transforma o feioso Danny Trejo em um super-herói mexicano, que desce o machete para se lutar contra traficantes de drogas e políticos interessados em lucrar com a construção de um muro entre os Estados Unidos e o México. Também pop, mas mais contemplativo, Monstros, estreia do inglês Gareth Edwards, merece ser descoberto.

    Leia tudo sobre: festival do riofim de semanafilmes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG