Primeiro competidor, ¿Além da Estrada¿ é um filme fofo

Longa-metragem de Charly Braun agradou ao público com jornada de dois jovens pelo Uruguai

Mariane Morisawa, especial para o iG |

George Magaraia
Charly Braun apresentou o filme para um público repleto de amigos e familiares
Primeiro filme da competição de ficção da Premiere Brasil a ser apresentado, “Além da Estrada”, de Charly Braun, foi bem recebido pela plateia do Cine Odeon Petrobras na noite desta sexta-feira (24). Certo que aparentemente havia muitos amigos do diretor e da equipe – da qual faz parte a irmã do cineasta, Guilhermina Guinle, que atua e produz o longa –, pois até o nome de Braun foi aplaudido quando apareceu nos créditos iniciais. Mas houve uma genuína comoção com o simpático road movie rodado no Uruguai.

O argentino Santiago (Esteban Feune de Colombi) é um jovem meio perdido na vida. Em busca de suas raízes, vai ao Uruguai, onde seus pais, mortos quatro anos antes num acidente de carro, deixaram-lhe um terreno. No caminho, encontra a belga Juliette (Jill Mulleady), que está atrás de um antigo amor.

Juntos, eles partem numa aventura de descobertas e redescobertas, topando com gente simples e sábia do interior, em momentos quase documentais. De ar pop evidenciado pela trilha sonora que contém Radiohead e Sigur Rós, Além da Estrada fala da juventude contemporânea. A câmera na mão o tempo todo e uma dispensável participação de Naomi Campbell atrapalham o longa-metragem em alguns momentos. Mas, no fim, não há como se sentir bem, como todo filme fofo faz o espectador se sentir.

    Leia tudo sobre: festival do rioalém da estrada

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG