Os 10 melhores momentos do Festival

Após duas semanas de maratona de cinema, um balanço final dos pontos positivos

iG Rio de Janeiro |

Os dez melhores momentos:

1. A pontualidade das sessões
2. A exibição do argentino “Carancho ”, de Pablo Trapero, cotado ao Oscar
3. A presença de vários cantores no Festival, como Marisa Monte e Gilberto Gil
4. A vinda de astros internacionais, como Bill Pullman
5. Wagner Moura confere exibição de “ Vips
6. Dia de cinema lotado para ver Ana Paula Arósio
7. O inédito filme de Woody Allen
8. Gratas surpresas quanto a documentários, como o do Vik Muniz
9. A história de Bispo do Rosário, vivido pelo ótimo Flavio Bauraqui
10. A mostra em homenagem a Amos Gitai

Os cinco menos :
1. A decepção com o filme “ Rio Sex Comedy
2. A sessão interrompida do documentário sobre o compositor francês Serge Gainsbourg
3. “ Bróder ”, melhor filme brasileiro do ano, fora da Mostra Competitiva
4. O documentário sobre Elza Soares, exibido segunda (4), às 15h, merecia um horário mais nobre
5. Fraca seleção de curta-metragens, exibidos antes dos longas

    Leia tudo sobre: festival do rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG