Filmes pop dominam o fim de semana

Entre os destaques estão Atração Perigosa, de Ben Affleck, The Runaways, com Kristen Stewart, e versão mais longa de Avatar

Mariane Morisawa, especial para o iG |

Divulgação
Ben Affleck é o protagonista de "Atração Perigosa", em cartaz neste fim de semana no Festival do Rio
O fim de semana está cheio de opções para os cinéfilos. O Festival do Rio apresenta algumas produções pop para o sábado (25) e domingo (26). Por exemplo, "Atração Perigosa", dirigido pelo ator Ben Affleck. Ele dá uma guinada na carreira depois de um período de baixa com um filme de ação bem dirigido. Affleck vive um assaltante de bancos de boa índole e reúne um baita elenco: Jeremy Renner, que concorreu ao Oscar por "Guerra ao Terror", faz seu amigo de infância e parceiro de crime, Rebecca Hall, de "Vicky Cristina Barcelona", interpreta a vítima de sequestro que vira interesse romântico do protagonista, e Jon Hamm, astro do seriado "Mad Men", aparece no papel de um raivoso agente do FBI.

Divulgação
Cena de "Minhas mães e meu pai"
Já Kristen Stewart, a Bella da série "Crepúsculo", agora vive uma adolescente revoltada em "The Runaways – Garotas do Rock", no papel da roqueira Joan Jett, que formou uma banda de garotas quando isso ainda não era moda, nos anos 1970. Os fãs de "Avatar" também podem se deliciar com a versão ainda mais longa da produção de James Cameron, com nove minutos extras.

Quem curte cinema argentino pode apostar em "Viúvas Sempre às Quintas", sucesso de bilheteria de Marcelo Piñeyro, sobre o aparecimento de três cadáveres na piscina de uma casa num condomínio de luxo em Buenos Aires. 

"Minhas Mães e Meu Pai", por sua vez, é um representante legítimo do cinema independente americano. Dirigido por Lisa Cholodenko, traz Julianne Moore e Annette Bening como um casal de lésbicas que precisa aceitar a convicência com o pai biológico (Mark Ruffalo) de seus dois filhos.

O documentário "José & Pilar", de Miguel Gonçalves Mendes, fala do relacionamento entre o escritor português José Saramago, morto em junho, e sua mulher, a jornalista espanhola Pilar del Río. Outro documentário curioso, "Gretchen Filme Estrada", de Eliane Brum e Paschoal Samora, mostra a tentativa da cantora e dançarina de se eleger prefeita de Itamaracá, em Pernambuco. Entre os nacionais da Première Brasil, destaque para "VIPs", de Toniko Melo, com Wagner Moura no papel do sujeito que se passou por herdeiro da empresa área Gol.

Divulgação
Wagner Moura vive homem que se passou por herdeiro da Gol em "VIPs"

    Leia tudo sobre: Festival do Rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG