Filme português sobre Complexo do Alemão emociona plateia

¿Complexo: Universo Paralelo¿ tem o mérito de focar em três personagens interessantes

Mariane Morisawa, especial para o iG |

A mostra “O Brasil do Outro”, do Festival do Rio, se propõe a exibir filmes sobre o país feitos por estrangeiros. “Complexo: Universo Paralelo”, dirigido pelo português Mário Patrocínio, é um documentário sobre o Complexo do Alemão que foi exibido para plateia estrelada na noite deste sábado (25), no cine Odeon Petrobras.

Patrocínio conheceu o conjunto de favelas em 2005, quando ali rodou um videoclipe do MC Playboy, funkeiro que é um dos personagens do longa-metragem. Em 2007, quando uma megaoperação policial ocupou o morro, tiroteios eram frequentes, e dezenas de pessoas foram mortas. Foi quando Mário e seu irmão Pedro decidiram filmar no complexo. Além de MC Playboy, que tenta levar mensagens positivas para a população jovem local, são protagonistas Seu Zé, presidente da associação de moradores que tenta melhorar a vida dos habitantes, e Dona Célia, desempregada, evangélica e mãe de oito filhos.

George Magaraia
Mario e Pedro Patrocínio, diretores do longa sobre a favela carioca

O assunto não é novo, mas os fatos reais nas favelas brasileiras superam qualquer ficção mirabolante e continuam chocantes. “Complexo: Universo Paralelo” pelo menos tem o mérito de não interferir demais nessa realidade e de focar em três personagens bastante interessantes, que exemplificam diversas facetas da favela. Seu Zé exibe tenacidade comovente, mas também visão crítica sobre os defeitos da comunidade e esperança de ver melhorias reais ainda em vida.

MC Playboy faz boas análises da situação, enquanto Dona Célia impressiona pela resignação ante um passado e um presente em condições revoltantes. Ela mantém, no entanto, a esperança para seus filhos.

O documentário, que às vezes abusa das imagens videoclipescas, estampa na tela a situação quase impossível em que as pessoas vivem e tenta não fazer julgamentos, o que às vezes parece ingênuo demais. Mas emocionou a plateia do cine Odeon desde a apresentação, quando subiram ao palco Seu Zé, MC Playboy e os filhos de Dona Célia, inclusive Bianca, que tem problemas de locomoção.

As próximas exibições acontecem neste domingo (26), na segunda (27) e na terça (28). Veja abaixo uma entrevista com o diretor Mario Patrocínio:

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG