Conheça alguns destaques do Festival do Rio

Filmes que serão exibidos de 23 de setembro a 7 de outubro já foram vistos pela reportagem do iG em outros festivais internacionais. Confira a seleção

iG Rio de Janeiro |

Divulgação
Cena do filme Lope, de Andrucha Waddington
BOA PIPOCA
De Andrucha Waddington, o filme conta a história de Félix Lope de Vega y Carpio, conhecido como Lope de Vega, um dos maiores poetas e dramaturgos da Espanha, que viveu no século 16. Ele volta da guerra disposto a não retornar nunca mais aos combates. Aventureiro, Lope (o argentino Alberto Ammann) envolve-se em diversas confusões e divide-se entre o amor de Elena (Pilar López de Ayala), casada e filha do dono de uma companhia de teatro, e Isabel (Leonor Watling).

PARA VER A DOIS
Ben Affleck está do outro lado da câmera neste filme, Atração Perigosa , baseado no romance de Chuck Hogan sobre o crime no bairro de Charlestown, em Boston – cidade natal do ator e diretor, aliás. Doug MacCray (Ben Affleck) é o líder de uma gangue de assaltantes de bancos e carros-forte. Seu melhor amigo, Jem (Jeremy Renner, indicado ao Oscar por Guerra ao Terror), é o esquentadinho do grupo. Eles assaltam uma agência bancária, e Jem decide levar como refém a gerente Claire (Rebecca Hall, de Vicky Cristina Barcelona).

PERTURBADOR
No filme italiano La Pecora Nera , de Ascanio Celestini, o protagonista (o próprio diretor) lembra passagens de sua vida, como a convivência com a avó quando era criança e a predileção por histórias de marcianos. Adulto, aparentemente trabalha num hospital psiquiátrico. Mas logo dá para perceber que o protagonista tem, ele próprio, problemas de ordem mental.

ELETRIZANTE
Fora da Lei , de Rachid Bouchareb, conta a história da luta pela independência da Argélia dentro da França e a existência da Le Main Rouge (a mão vermelha), braço do serviço secreto autorizado a assassinar líderes argelinos. Mas também fala da luta cega e violenta pela revolução, promovida pela organização FLN.

Divulgação
Juliette Binoche protagoniza o longa Cópia Fiel
FILME DE ARTE
Cópia Fiel , de Abbas Kiarostami. A primeira cena do filme já encerra seus enigmas, com o escritor James Miller (o barítono William Shimell, em seu primeiro papel como ator). Chamado exatamente Copie Conforme (cópia certificada), discute a importância do olhar e não da autenticidade de determinada obra de arte. Um amigo fala em seu nome, porque ele está atrasado. Uma mulher (Juliette Binoche) chega atrasada ao evento. E se sucedem diversos acontecimento seguidos.

PARA IR COM AMIGOS
Route Irish , de Ken Loach, fala de Fergus (Mark Womack) e Frankie (John Bishop), amigos inseparáveis desde o primeiro dia da escola. Adolescentes, sonhavam viajar o mundo. Anos mais tarde, o “sonho” se realiza quando eles vão ao Iraque como membros das Forças Especiais do Reino Unido. Pouco depois, Fergus convence Frankie a entrar em seu time de seguranças em território iraquiano, com salário de 10 mil libras por mês.

WOODY ALLEN
Você vai conhecer o homem dos seus sonhos . Trata-se de um Woody Allen clássico, com sua mescla de comédia, romance, traição, atração, ainda que não seja como seus filmes de antigamente. O ponto de partida é a busca de Helena (Gemma Jones) por uma vidente. Ela acaba de ser deixada pelo marido Alfie (Anthony Hopkins), depois que ele entra numa espiral de preocupação com a velhice e a morte. Helena fica obcecada com as previsões da mulher. Enquanto isso, a filha do casal, Sally (Naomi Watts), lida com as dificuldades no casamento, pois a promessa de que o marido Roy (Josh Brolin) tornaria-se um escritor de sucesso não se cumpriu.

QUASE RELIGIOSO
Apesar de ser um longa-metragem sobre conflito, Des Hommes et des Dieux passa brevemente sobre as dúvidas internas dos personagens, santificando demais principalmente o líder Christian (Lambert Wilson, que também está em La Princesse de Montpensier). Beauvois tenta fazer jus à resistência silenciosa dos frades, narrando a história com discrição quase excessiva.

PARA VER E REVER
A solidão dos números primos é baseado no romance de Paolo Giordano. O longa acompanha Mattia e Alice durante 23 anos, da infância à juventude. São dois personagens sofridos, que pouco falam e não se encaixam muito. Pequeno, Mattia (Tommaso Neri) cuidava da irmã, com problemas mentais. Alice (Martina Albano) era a princesinha da família, mas sofria pressões do pai para ser esquiadora. Mais tarde, encontram-se na mesma escola. Mattia (Vittorio Lomartire) carrega nos braços marcas de auto-mutilação, e Alice (Arianna Nastro) manca.

Divulgação
O filme Carlos, de Olivier Assayas, foi originalmente feito para a TV
COM JEITO DE TV
Carlos , de Olivier Assayas, foi feito para a televisão, mas nem parece. É baseado na vida do polêmico Ilich Rámirez Sánchez, também conhecido como Carlos, o Chacal, um dos homens que mais cometeu atentados nas décadas de 70 e 80 e sentenciado a prisão perpétua na França .

GODARD
Jean-Luc Godard continua sendo o mesmo provocador de sempre, aos 79 anos de idade – ele completa 80 em dezembro. Seu Film Socialisme , apresentado na competição da mostra Um Certo Olhar, é mais uma vez uma colagem de imagens formando um significado. Nisso, o diretor é brilhante. Os temas passam por política, Oriente Médio, liberdade, igualdade, fraternidade.

Divilgação
O filme Turnê foi inspirado em um livro da escritora Colette
RISO SÉRIO
Inspirado por um livro da escritora Colette sobre suas turnês como atriz, Mathieu Amalric trouxe para o filme Turnê artistas do novo burlesco. As americanas Mimi Le Meaux, Dirty Martini, Kitten on the Keys, Evie Lovelle e Julie Atlas Muz iluminam a tela com seus números e espontaneidade. Os momentos de comédia, porém, são muitos e surpreendentemente sérios, surgindo de maneira inesperada, em gestos atrapalhados do protagonista, um sujeito que não relaxa nunca.

TRANSCENDENTAL
Tio Boonmee, que pode recordar suas vidas passadas , do tailandês Apichatpong Weerasethakul, foi o vencedor da Palma de Ouro do 63º Festival de Cannes. Elementos como espíritos, inclusive na forma de macacos, fazem parte do longa. “Este é como outro mundo para mim, é meio surreal”, disse o diretor em Cannes.

FILME-PROTESTO
Machete , de Robert Rodriguez, aborda a imigração, que está sendo muito discutida no momento nos Estados Unidos. No elenco, Jessica Alba.

    Leia tudo sobre: Festival do Riocinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG