Bruna Lombardi: ¿Como é difícil ser júri¿

Atriz é uma das quatro pessoas responsáveis por escolher os destaques do Festival do Rio

Valmir Moratelli, iG Rio de Janeiro |

Bruna Lombardi é vista toda noite no cine Odeon, onde acontecem as premières do Festival do Rio. Engana-se, porém, quem pensa que a atriz está curtindo o evento, somente. Ela é uma das juradas responsáveis por decidir os vencedores de 2010.

Bruna está animada com a safra de produções nacionais atualmente. “Tem muita coisa boa. É claro que estar do outro lado, julgando, é bem complicado. Porque é outra visão que temos que ter sobre o trabalho dos colegas, mas é bom também estar a par de tudo que está sendo feito. Mas realmente, só estando no meu lugar para saber, como é difícil ser júri”, disse.

Quem decide

Fazem parte do juri, além de Bruna: o diretor e crítico de cinema Gustavo Dahl, presidente da comissão, o produtor mexicano Jorge Sanchez e o produtor de cinema e TV Leonardo Monteiro de Barros.

O quarteto terá a incumbência de escolher os vencedores do Troféu Redentor. Os premiados serão revelados numa grande festa no Cine Odeon, no próximo dia 5 de outubro. As categorias são: Longa de Ficção, Longa Documentário, Curta, Direção, Ator, Atriz, Ator Coadjuvante, Atriz Coadjuvante, Roteiro, Montagem e Fotografia, além do Prêmio Especial de Júri.

Bruna Lombardi, que tem um projeto de novo filme para janeiro do próximo ano, deu entrevista à TV iG.

    Leia tudo sobre: festival do ruijuradosjuribruna lombardi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG