Filme chinês completa competição do Festival de Berlim 2012

No total, 18 longas-metragens vão brigar pelo Urso de Ouro; confira a lista completa

iG São Paulo |

Divulgação
"White Deer Plain", do chinês Wang Quan'an
A organização do Festival de Berlim 2012 divulgou nesta terça-feira (31) o último filme da competição oficial, que será realizada entre 09 e 19 de fevereiro. O chinês "White Deer Plain" ("Bai Lu Yuan") é o 18º longa-metragem a entrar na disputa pelos prêmios principais.

O diretor Wang Quan'an é um velho conhecido do festival alemão: "Apart Together" ("Tuan Yuan") foi premiado como melhor roteiro em 2010 e "O Casamento de Tuya" venceu o Urso de Ouro em 2007.

Siga o iG Cultura no Twitter

Fora de competição, estão confirmadas diversas sessões especiais. Entre elas estão o drama de época "Bel Ami" , estrelado por Robert Pattison; "Tão Longe e Tão Perto" , com Tom Hanks e Sandra Bullock, indicado ao Oscar de melhor filme ; "Shadow Dancer", nova ficção de James Marsh, vencedor do Oscar pelo documentário "O Equilibrista"; e "À Toda Prova" , filme de ação de Steven Soderberg protagonizado pela lutadora Gina Carano, mas com elenco estelar (Michael Douglas, Antonio Banderas, Ewan McGregor, Michael Fassbender). O chinês "Flying Swords of Dragon Gate" será exibido em 3D.

O Brasil participa do evento nas mostras paralelas, com "Xingu" , o documentário "Olhe pra Mim de Novo" e os curtas "Licuri Surf", de Guile Martins, e "L", de Thais Fujinaga. Além disso, a coprodução Brasil-Portugal "Tabu" disputa o Urso de Ouro.

O Festival de Berlim 2012 vai ser aberto com o filme francês "Adeus à Rainha" , que enfoca a Revolução Francesa. A homenageada desta edição é a atriz norte-americana Meryl Streep, alvo de uma retrospectiva de sua carreira e que acompanhará a exibição de "A Dama de Ferro", pelo qual concorre ao Oscar. O presidente do júri será o cineasta britânico Mike Leigh ("Simplesmente Feliz", "Segredos e Mentiras").

Veja abaixo a lista completa dos filmes na competição da 62ª edição de Berlim.

"Adeus à Rainha" ("Les Adieux a la Reine"), de Benoit Jacquot (França) – filme de abertura
"Barbara", Christian Petzold (Alemanha)
"Caesar Must Die" ("Cesare Deve Morire"), de Paolo e Vittorio Taviani (Itália)
"Captive", de Brillante Mendoza (França/Filipinas)
"Childish Games" ("Dictado"), de Antonio Chavarrias (Espanha)
"Coming Home" ("A Moi Seule"), de Frederic Videau (França)
"Home For The Weekend", de Hans-Christian Schmid (Alemanha)
"Jayne Mansfield's Car", de Billy Bob Thornton (Estados Unidos)
"Just The Wind" ("Csak a szel"), de Bence Fliegauf (Hungria/Alemanha/França)
"Mercy" ("Gnade"), de Matthias Glasner (Alemanha/Noruega)
"Meteora", de Spiros Stathoulopoulos (Alemanha/Grécia)
"Postcards from the Zoo" ("Kebun binatang"), de Edwin (Indonésia/Alemanha)
"A Royal Affair" ("En Kongelig Affaere"), de Nikolaj Arcel (Dinamarca/Alemanha/Suécia)
"Sister" ("L'enfant d'en haut"), de Ursula Meier (Suíça/França)
"Tabu", de Miguel Gomes (Portugal/Alemanha/Brasil/França)
"Tey" ("Aujourd'hui"), de Alain Gomis (França/Senegal)
"War Witch" ("Rebelle"), de Kim Nguyen (Canadá)
"White Deer Plain" ("Bai lu yuan"), de Wang Quan'an (China)

Fora de competição
"Bel Ami", de Declan Donnellan e Nick Ormerod (Grã-Bretanha)
"Tão Longe e Tâo Perto" ("Extremely Loud and Incredibly Close"), de Stephen Daldry (EUA)
"Flores da Guerra" ("The Flowers of War"), de Zhang Yimou (China)
"Flying Swords of Dragon Gate", de Hark Tsui (Hong Kong/China)
"Shadow Dancer", de James Marsh (Grã-Bretanha)
"À Toda Prova" ("Haywire"), de Steven Soderbergh (EUA)
"A Dama de Ferro" ("The Iron Lady"), de Phyllida Lloyd (Grã-Bretanha)

    Leia tudo sobre: festival de berlimcinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG