Festival de Berlim terá filmes de arte em 3D

Documentários de Wim Wenders e Werner Herzog foram produzidos no formato

Reuters |

Divulgação
Equipe de "Cave of Forgotten Dreams", de Werner Herzog
O Festival Internacional de Cinema de Berlim terá três filmes em 3D neste ano. O anúncio foi feito pelo diretor do evento, Dieter Kosslick.

A 61ª edição do Festival de Berlim será menor, mas mais ousada do que a do ano passado, disse Kosslick. A competição principal terá um filme animado em 3D e três trabalhos que farão suas estreias em Berlim.

O evento terá a première mundial do filme em 3D de Wim Wenders sobre a legendária coreógrafa Pina Bausch, além da première europeia de "Cave of Forgotten Dreams", de Werner Herzog, sobre pinturas pré-históricas francesas.

"Haverá vários cineastas novos, várias diretoras mulheres, e também novidades técnicas nunca antes mostradas na Berlinale", afirmou Kosslick, chamando a atenção para o fato de que os três filmes em 3D serão exibidos no primeiro domingo do festival. "Estes três filmes comprovam que realmente é possível brincar com o 3D em filmes de arte."

Filmes de Hollywood em 3D, como "Avatar", "Alice no País das Maravilhas" e "Toy Story 3", encontraram receptividade enorme nas bilheterias mundiais nos últimos anos, mas o 3D ainda não ganhou espaço entre os criadores de produções de arte.

Um dos filmes que farão sua estreia na Berlinale é o primeiro trabalho dirigido pelo ator britânico Ralph Fiennes, "Coriolanus".

A adaptação de uma peça de Shakespeare é estrelada pelo próprio Fiennes, indicado ao Oscar por suas atuações em "O Paciente Inglês" e "A Lista de Schindler."

Outra estreia em Berlim será "Margin Call", thriller americano com os atores Kevin Spacey e Demi Moore, que mostra um período de 24 horas no início da crise financeira em um banco de investimentos inspirado na quebra do Lehman Brothers. "Quisemos dar destaque a pessoas novas e não apenas apostar em nomes seguros", disse Kosslick.

Neste ano o festival acontecerá entre 10 e 20 de fevereiro, culminando com a cerimônia de premiação, em 19 de fevereiro.

    Leia tudo sobre: Festival de BerlimWim WendersWerner Herzog

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG