Não é exagero: Festival de Berlim realmente tem atrações para todos os gostos

Robert De Niro em
Divulgação
Robert De Niro em "Taxi Driver" (1975), de Martin Scorsese, que será exibido em cópia restaurada
Está lá no site do Festival de Berlim 2011 : o programa é dividido em sete seções. No caso, Competição, Panorama, Fórum, Geração, Perspectiva do Cinema Alemão, Curtas-metragens e Retrospectiva – cada um tem seu diretor, que seleciona os participantes. Sete já seria um bom número, mas ainda há a Especial, a Homenagem e o Cinema Culinário. E também conferências sobre assuntos específicos, o mercado de cinema europeu e o campus de talentos. Ufa!

Enquanto a Competição – neste ano, com 16 longas concorrendo aos troféus, mais oito fora de concurso – destaca obras maiores, com apelo juntos aos espectadores, a paralela Panorama foca nos independentes e nos filmes de arte. E ela é gigante, com 53 participantes, que concorrem ao prêmio do público. Os principais temas deste ano envolvem intimidade, migração e corrupção.

Mas os experimentais mesmo, esses estão no Fórum, com 39 produções na programação principal, mais seis sessões especiais e oito trabalhos do japonês Shibuya Minoru. Também tem essa cara, só que voltada para o cinema local, a Perspectiva do Cinema Alemão, com 6 ficções e 5 documentários. A seção Geração, por sua vez, procura obras que tenham como objetivo atingir jovens e adultos. As melhores na opinião do júri da Geração ganham os Ursos de Cristal. Neste ano, são 59 filmes, divididos por idade: Kplus para crianças e pré-adolescentes, 14plus, para adolescentes. A seção também conta com curtas-metragens, presentes ainda na mostra competitiva do formato, com 25 concorrentes – em 2011, nomes famosos, como Spike Jonze ("Quero Ser John Malkovich") e Park Chan-wook ("Oldboy"), estão entre os candidatos aos troféus.

Já a Retrospectiva foca num grande nome do cinema mundial. E bota grande nisso: na 61ª edição, o público vai poder ver ou rever obras-primas do sueco Ingmar Bergman, como "O Sétimo Selo", "Fanny e Alexander" e "Sonata de Outono". O grande homenageado, que vai receber o Urso de Ouro Honorário, é o ator alemão Armin Mueller-Stahl, que acaba de completar 80 anos. Ele trabalhou com Rainer Werner Fassbinder em "Lola" e foi indicado ao Oscar por "Shine".

No Cinema Culinário, são apresentados 12 filmes relacionados com comida. Grandes chefs, como Michael Hoffmann e Tim Raue, preparam um menu baseado nas produções, que pode ser degustado pelos espectadores após as sessões das 19h30.

E, se o público ainda sentir falta de nomes mais famosos, há a seção Especial. Nesta edição, serão exibidos "O Discurso do Rei", favorito ao Oscar 2011 , com a presença do diretor Tom Hooper e dos atores Colin Firth e Helena Bonham Carter; "Late Bloomers", de Julie Gavras, com a presidente do júri Isabella Rossellini; "Sacrifice", do chinês Chen Kaige, e uma cópia restaurada de "Taxi Driver", de Martin Scorsese. Aqui não é exagero: atração, realmente, não vai faltar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.