Faltam alimentos no acampamento Esperanza no Chile

Acampamento da mina San José, no norte do Chile, tem mais de 300 pessoas e sofre escassez de recursos

iG São Paulo |

Os encarregados pela cozinha no acampamento Esperanza da mina San José, no norte do Chile - onde 33 mineradores estão soterrados -, disseram hoje que os alimentos estão acabando, advertindo que no local há 300 pessoas que precisam dos mantimentos.

"Não tem água potável, copos, sucos, arroz e uma infinidade de mantimentos. Precisamos que nos ajudem", assinalou à Agência Efe Pamela Leiva, funcionária da Prefeitura de Copiapó.

Pamela, que expôs sua queixa aos canais abertos de televisão e à emissora "CNN Chile", afirmou que a grande quantidade de alimentos disponível desde 8 de agosto, quando inauguraram a cantina, "foi terminando e infelizmente não chegou mais ajuda".

"Quero fazer um apelo aos sindicatos que nos ajudaram muito, aos particulares e às empresas que providenciaram as mercadorias. Do contrário, não poderemos continuar cozinhando", acrescentou.

São servidos no local café da manhã, almoço e lanche. À noite, o pessoal da cozinha oferece café e chá quente para que todos suportem as baixas temperaturas.

Parentes dos mineradores soterrados - que chegam a 200 pessoas -, jornalistas nacionais e estrangeiros, policiais e funcionários municipais - que somam os outros 100 - estão acampados do lado de fora da mina e todos eles se alimentam dos mantimentos em questão.

Explosão mata ao menos seis mineiros no norte do Chile
Pelo menos seis mineiros morreram hoje na explosão de um caminhão de dinamites próximo à outra mina, localizada na região de Antofagasta, a 1.400 quilômetros ao norte de Santiago.

Segundo a superintendência do Corpo de Bombeiros da região, os primeiros dados apontam que o veículo se envolveu em um acidente de trânsito, o que levou à detonação da carga. A informação foi divulgada pela Rádio Cooperativa.

Por meio de sua página no Twitter, o ministro de Mineração, Laurence Golborne, confirma que a colisão teria sido ocasionada "por um caminhão de explosivos e uma caminhonete".

* com informações da EFE e AFP

    Leia tudo sobre: mineiroschile

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG