Pequim, 10 mai (EFE).- O ex-vice-ministro de Finanças da China e diretor da Comissão de Orçamentos da Assembleia Nacional Popular (Legislativo chinês), Zhu Zhigang, foi condenado hoje à prisão perpétua, após ser acusado de suborno, informou a agência oficial de notícias chinesa "Xinhua".

Pequim, 10 mai (EFE).- O ex-vice-ministro de Finanças da China e diretor da Comissão de Orçamentos da Assembleia Nacional Popular (Legislativo chinês), Zhu Zhigang, foi condenado hoje à prisão perpétua, após ser acusado de suborno, informou a agência oficial de notícias chinesa "Xinhua". Segundo o Tribunal Intermediário de Xinjiang, situado na província de Henan, no centro da China, Zhu abusou de sua posição e aceitou subornos no valor de US$ 1,09 milhão quando era vice-ministro de Finanças entre janeiro de 2000 e março de 2008. O ex-vice-ministro foi nomeado em fevereiro de 2008 diretor do Comitê de Orçamentos da ANP. EFE mmp/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.