Experiência política é assunto preferido de candidatos de MT

Segundo dia de programa eleitoral reforçou novamente a exposição de biografias

Kelly Martins, iG Cuiabá |

Os candidatos ao governo de Mato Grosso usam da experiência política e trajetória de "sucesso" para tentar convencer os eleitores nos programas eleitorais da TV.

O candidato Mauro Mendes (PSB), por exemplo, mostrou sua biografia em meio a fotografias antigas e depoimento familiar.

Mendes tentou passar a imagem de líder nato e que, apesar de ter vindo de família pobre, tornou-se empresário bem-sucedido no ramo metalúrgico.

Para conferir credibilidade à sua imagem junto ao eleitor, o socialista recorreu ao depoimento do pai, Mauro Mendes. "Ele hoje é o que ele queria ser. Querer é poder", afirmou o pai de Mauro, Antônio Mendes.

Mendes defendeu também melhorias em áreas essenciais como Saúde e Educação.

Wilson Santos (PSDB) optou pela regionalidade e gravou o programa na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade, primeira Capital mato-grossense.

O tucano aproveitou para destacar as ações do ex-governador Dante de Oliveira (PSDB), falecido em 2006, e de Blairo Maggi (PR).

“Mato Grosso cresceu muito, mas chegou o momento de crescer mais”, disse Santos. Ao mesmo tempo, ele destacou algumas de suas realizações como prefeito de Cuiabá. 

Entre elas, o reajuste salarial dos médicos, a reforma do Pronto Socorro Municipal e a construção de policlínicas. Ele destacou outro projeto de sua autoria: o cursinho pré-vestibular "Cuiabá Vest", que oferece atendimento gratuito a estudantes de baixa renda.

O tucano citou, ainda, o programa bolsa universitária, transporte coletivo gratuito a alunos de escolas públicas e a implantação de escolas em período integral.

Já o governador Silval Barbosa (PMDB) preferiu assumir a face continuísta da gestão Maggi, acentuando, no entanto, que poderá fazer ainda mais do que seu antecessor.

Silval permanece na ponta das pesquisas de intenção de voto para o governo do Estado. Ele mantém ligeira vantagem (31%) para o rival tucano (23%).

Silval utilizou o espaço de quase 10 minutos na TV para falar sobre infraestrutura, em especial, no que se refere à pavimentação asfáltica que permitiu a interligação de 97 dos 141 municípios.

O governador procurou reforçar sua popularidade por meio de depoimentos de moradores do interior. Ele apresentou propostas como a construção da Hidrovia do Rio Teles Pires, da Ferronorte e da ferrovia Centro-Oeste.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG