Partido Comunista de Cuba escolhe 'substituto' de Fidel

Durante congresso, PCC escolhe novo secretário e tem a opção de renovar ambiente político cubano

Ricardo Galhardo, enviado a Havana, Cuba |

AP
Delegados participam de congresso do Partido Comunista de Cuba na capital, Havana (16/04)

O 6º Congresso do Partido Comunista de Cuba deve escolher nesta segunda-feira o substituto de Fidel Castro na secretaria do partido, segundo sites informativos oficiais do governo cubano. Mais do que o simples preenchimento de uma vaga na burocracia partidária, os mil delegados do congresso vão optar pela renovação ou não do ambiente político cubano.

Atualmente, Fidel, 84 anos, ocupa o cargo de primeiro secretário e seu irmão mais novo, Raúl Castro, 79, o de segundo secretário do PCC. Fidel já anunciou que não concorrerá novamente ao último cargo que ocupa oficialmente na burocracia da ilha.

Raúl deve subir para a primeira secretaria, abrindo a vaga para a escolha do número 2 no partido único cubano. Os dois cargos sempre foram ocupados pelos irmãos Castro desde a fundação do PC, em 1962.

Quatro nomes são citados por especialistas e pessoas ligadas ao governo. Ramón Machado Ventura, 80 anos, integrante do escritório político do PCC desde sua fundação e ex-ministro da Saúde, é o único dos revolucionários originais no páreo. Ele e Esteban Lazo Hernández, 67 anos, também integrante do escritório Político, são vistos como representantes do grupo atual.

Os representes da renovação seriam o ex-ministro das Finanças, Marino Murillo Jorge, 50 anos, convertido em 2009 no principal responsável pela execução do plano de reformas econômicas em análise pelos delegados do congresso, e o primeiro-secretário do PCC na província de Santiago, Lázaro Esposito.

Segundo analistas ouvidos pelo iG , as escolha de Murillo significaria a ênfase na questão macroeconômica enqua Esposito teria um perfil mais social.

O 6º Congresso do PCC teve início no sábado e deve aprovar, até terça-feira, um documento com uma série de mudanças sem precedentes no modelo econômico e administrativo da ilha.

    Leia tudo sobre: cubafidelraúl castrocongresso do partido comunista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG