Reprodução de vídeo de entrevista ainda inédita aparece após boatos de piora de saúde de líder cubano, que não aparece desde abril

Fidel Castro quebrou um longo silêncio ao conceder uma entrevista a uma rede de TV venezuelana, sua primeira desde rumores de que sua condição de saúde poderia ter piorado ou que estaria perto da morte. Uma autoridade cubana graduada disse nesta quinta-feira que o ex-presidente está em bom estado de saúde.

O ex-presidente cubano Fidel Castro dá entrevista ao jornalista Mario Silva (E), da Venezuela, em Havana. Imagem é reprodução de vídeo feita por site em 4/9/2011
Reuters
O ex-presidente cubano Fidel Castro dá entrevista ao jornalista Mario Silva (E), da Venezuela, em Havana. Imagem é reprodução de vídeo feita por site em 4/9/2011
Fotografias da entrevista para um jornalista da Venezolana de Televisión foram divulgadas no Cubadebate, um site estatal. O líder de 85 anos parece relaxado e saudável nas imagens, sentado em uma cadeira confortável e vestido com um agasalho branco e com calças verdes.

Segundo o site, a entrevista ocorreu na terça-feira em Havana, mas ela ainda não foi transmitida e não está claro quando será.

"Informo àqueles que se divertem por acreditar que o comandante Fidel teve um derrame que ele está firme e forte", afirmou o site citando textualmente Mario Silva, jornalista venezuelano que realizou a entrevista.

O líder do Parlamento cubano, Ricardo Alarcón, também abordou os rumores que surgiram em semanas recentes, dizendo que Fidel "está bem e com boa saúde". "O próprio Fidel disse há algum tempo: ninguém acreditará no dia em que realmente morrer, porque foi morto tantas vezes antes", completou.

Fidel não aparece em público desde a reunião do Partido Comunista, em abril, quando apareceu trêmulo e frágil. Ele quase não escreveu mais seus artigos de opinião e não fez uma declaração ou veiculou uma fotografia em seu aniversário, no mês passado.

O silêncio levou a uma nova rodada de rumores de morte a partir de Miami, propagados em estações de rádio e TV de exilados e por meio de sites de mídia social como o Twitter. A saúde do líder cubano até foi assunto de um vírus de computador em um email de spam entitulado "Fidel está Morto".

Fidel afastou-se de suas funções em julho de 2006, trasferindo poder a seu irmão Raúl. Ele ficou fora do público durante quatro anos, antes de voltar à cena em 2010. Mas depois de várias aparições, o ex-presidente retornou ao silêncio.

A entrevista televisionada seria a primeira deste ano de Fidel, apesar de fotos e vídeos dele se encontrando com o presidente venezuelano, Hugo Chávez, e com outras autoridades tenham sido divulgadas.

*Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.