Cuba oficializará mercado privado de barbearias e salões

Há quase dois anos, barbeiros e cabeleireiras - que passaram anos como funcionários do Estado - trabalham como autônomos

BBC Brasil |

selo

O governo de Cuba oficializará no próximo mês algumas das reformas de flexibilização da economia da ilha.

Há quase dois anos, barbeiros e cabeleireiras - que passaram anos como funcionários estatais - vêm trabalhando como autônomos. Eles alugam as dependências do Estado, mas podem operar como se estivessem em um mercado privado.

A partir de dezembro, essa experiência será permanente. A mudança é uma entre várias tentativas de reformar a economia do país, sem alterar o sistema comunista. No entanto, o preço do corte de cabelo pode acabar subindo com a introdução do mercado privado, já que o serviço perderá o subsídio estatal.

Assista ao vídeo:

    Leia tudo sobre: cubafidel castroraúl castrobarbeariacabeleireiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG