Cuba desvaloriza peso conversível em 8% e o iguala ao dólar

Medida representa mudança em política vigente há seis anos e tem o objetivo de enfrentar crise econômica do país

iG São Paulo |

Cuba desvalorizou em 8% o peso conversível e o igualou ao dólar americano, em uma mudança de sua política monetária vigente há seis anos para enfrentar a atual crise econômica, anunciou nesta segunda-feira o Banco Central em uma nota publicada no jornal Granma.

O Banco Central considerou "oportuno desvalorizar em 8% a taxa de câmbio do peso cubano conversível em relação ao dólar americano e demais moedas estrangeiras, ou seja, restabelecer a paridade entre o peso conversível e o dólar americano", disse o comunicado.

A paridade um a um do peso conversível com o dólar, que existia desde a criação da divisa interna cubana em 1994 e até a valorização em 2005, será vigente para o dólar interbancário, beneficiando os que recebem remessas e a atividade exportadora. No câmbio com a moeda em papel, porém, será mantido o imposto de 10% contra a moeda americana.

O anúncio diz que o peso conversível, usado em sua maioria por turistas e companhias estrangeiras na ilha, agora valerá US$ 1, menos do que a cotação anterior de US$ 1,08. Apesar disso, cada peso conversível vale 24 mais do que os pesos cubanos, com os quais a maioria dos cubanos recebe seus salários.

A medida poderia ajudar a crucial indústria do turismo da ilha ao tornar as viagens mais baratas, e também aumentará o valor das remessas do exterior, um meio de vida essencial para muitos cubanos cujos salários mensais são cerca de US$ 20.

Nenhuma das duas moedas oficial de Cuba são negociadas no mercado internacional. Assim, quando o governo compra itens para importação deve fazê-lo em dólares, euros ou outra moeda forte. A decisão desta segunda-feira encarecerá essas importações, mas o Banco Central disse que o governo espera amenizar esse efeito ao estimular a produtividade interna. Cuba cortou sua importação de alimentos em mais de 30% em anos recentes.

*AFP e AP

    Leia tudo sobre: cubapeso conversívelpesos cubanosraúl castro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG