Data religiosa voltou a ser feriado após pedido de papa Bento 16 em visita à ilha na semana passada

Depois de mais de 50 anos, a Igreja Católica de Cuba celebrou a Sexta-Feira Santa como feriado nacional.

Influência: Cuba decreta feriado de Sexta-feira Santa após pedido do Papa

Membros de coral se preparam para celebrar a Sexta-Feira Santa em cathedral em Havana
AP
Membros de coral se preparam para celebrar a Sexta-Feira Santa em cathedral em Havana
As dioceses prepararam uma série de atos litúrgicos, sendo que um deles foi transmitido ao vivo pela emissora estatal de televisão.

Em um comunicado, a Igreja Católica da ilha divulgou que o cardeal Jaime Ortega, arcebispo de Havana, vai liderar a celebração intitulada "Sermão das Sete Palavras".

Oração: Papa reza à Virgem da Caridade por 'cubanos privados da liberdade'

Especial iG: Saiba mais sobre a ilha comunista

Seguindo a tradição das celebrações de Páscoa, também está prevista para esta sexta-feira a Via Sacra, que vai ser iniciada na Catedral de Havana.

A comemoração da Sexta-Feira Santa como feriado nacional foi suspensa em Cuba na década de 60. A data voltou a ser feriado nacional na semana passada, devido a um pedido do papa Bento 16 , que visitou a ilha entre os dias 26 e 28 de março.

*Com Ansa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.