Blogueira Yoani Sánchez inicia viagem ao exterior pelo Brasil

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Dissidente cubana embarcou neste domingo em Havana para a Bahia. Em viagem de 80 dias, ela visitará 12 países

A blogueira cubana Yoani Sánchez, autora da página "Generación Y", iniciou neste domingo (17) uma viagem de 80 dias ao exterior, após conseguir na 21ª tentativa um passaporte para sair da ilha. Ela visitará 12 países, começando pelo Brasil.

A opositora ao regime de Fidel e Raúl Castro embarcou em Havana, por volta do meio-dia local. No Brasil, participará de um evento cinematográfico na Bahia.

Flexibilização: Cuba indica que permitirá viagens de dissidentes sob nova lei

Reuters
Yoani Sánchez embarca de Havana para o Brasil

"Levo comigo uma mensagem de esperança", disse Yoani, de 37 anos, a jornalistas que a acompanhavam na sala de embarque do aeroporto. Além do Brasil, ela passará por República Tcheca, Espanha, México, Estados Unidos, Holanda, Alemanha, Suíça, Suécia, Itália, Peru e Argentina.

Yoani Sánchez é residente de Havana e ganhou a ira do governo comunista de Cuba por suas críticas constantes realizadas no blog "Generación Y" e por meio do Twitter (@yoanisanchez). Ela tem dezenas de milhares de seguidores no exterior, mas poucos em Cuba, onde a internet é controlada pelo governo.

Líderes cubanos consideram os dissidentes como "mercenários" a serviço dos Estados Unidos e de outros inimigos, e blogueiros oficiais dizem que Yoani responde aos interesses de serviços secretos de países ocidentais.

A blogueira ganhou vários prêmios internacionais por seu trabalho, mas até agora não pôde recebê-los por não ter conseguido permissão para sair do país, o que fará agora.

Perfil: Blogueira de Cuba ensina o ativismo online sem internet

Yoani e outros opositores cubanos, entre eles Guillermo Fariñas, conhecido mundialmente por suas greves de fome, ganharam direito a passaporte ao governo cubano após a implantação de uma reforma migratória em 14 de janeiro.

*Com Ansa e Reuters

Leia tudo sobre: CubaYoani Sánchezdissidentes cubanos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas