Espaço aéreo da Escócia e Irlanda segue fechado pelas cinzas

Bruxelas, 5 mai (EFE).- O espaço aéreo da Escócia e Irlanda segue afetado hoje pela evolução da nuvem de cinzas procedente do vulcão islandês, segundo a Agência Europeia para a Segurança na Navegação Aérea (Eurocontrol).

EFE |

Bruxelas, 5 mai (EFE).- O espaço aéreo da Escócia e Irlanda segue afetado hoje pela evolução da nuvem de cinzas procedente do vulcão islandês, segundo a Agência Europeia para a Segurança na Navegação Aérea (Eurocontrol). Na última atualização, a Eurocontrol ressaltou que não espera melhoria na situação ao longo do dia nessa área do espaço aéreo europeu e não descarta que possa afetar às operações também dos aeroportos britânicos de Manchester e Liverpool. Espera-se que operem com normalidade 28,7 mil voos no espaço aéreo europeu, ou seja, 300 menos que antes da crise do vulcão. Na Escócia, o aeroporto de Glasgow se manterá fechado até as 12h (9h em Brasília), enquanto o de Edimburgo opera com capacidade reduzida. O espaço aéreo de Dublin será fechado das 10h (7h em Brasília) até as 16h (13h em Brasília). Na Irlanda do Norte, os aeroportos também serão fechados até as 12h (9h em Brasília). Por sua vez, os aeroportos regionais irlandeses de Knock, Sligo e Donegal também serão mantidos sem atividade até as 12h (9h em Brasília). A nuvem não terá impacto no tráfego aéreo acima dos 20 mil pés. EFE lmi/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG