STJ autoriza médico particular atender ao governador Arruda

Brasília ¿ O Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou hoje (9) que o médico particular atenda o governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), preso na Superintendência da Polícia Federal desde 11 de fevereiro por tentativa de suborno.

Agência Brasil |

Segundo a esposa de Arruda, Flávia, o governador está com um forte edema na perna direita, conseqüência da cirurgia feita no pé direito em novembro de 2009, e não consegue se manter depé. Ela afirmou que ele não chegou a concluir o pós-operatório, interrompido pela prisão.

Flávia disse que Arruda usa atualmente apenas um elástico com extensão na perna direita e a fisioterapia, que era diária, limita-se a alguns exercícios. Ela acrescentou que o governador está sendo bem tratado pelos médicos da Polícia Federal, que trocaram alguns dos medicamentos usados pelo governador e aumentaram a dose do antidepressivo.

A Polícia Federal informou que Arruda faz duas caminhadas por dia e recebe duas visitas diárias de médicos e enfermeiro.

    Leia tudo sobre: escândalo no df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG