STF aguarda informações para analisar habeas-corpus de ex-secretário de Arruda

Brasília ¿ O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello aguarda informações do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para analisar o pedido de habeas corpus impetrado pelos advogados do ex-secretário de Comunicação do Governo do Distrito Federal Welligton Moraes, preso por envolvimento na tentativa de suborno de uma testemunha do esquema de corrupção que atinge o GDF, deputados distritais e empresários.

Agência Brasil |

Welligton teria agido em nome do governador afastado José Roberto Arruda (sem partido) na tentativa de subornar o jornalista Edson dos Santos, conhecido como Sombra. Wellington e Arruda tiveram a prisão preventiva decretada pela Corte Especial do STJ na última quinta-feira (11) junto com outras três pessoas ligadas ao governador. O ex-secretário de Comunicação do GDF está preso no Complexo Penitenciário da Papuda.

O ministro Marco Aurélio negou habeas-corpus e manteve o governador José Roberto Arruda preso. O mérito do recurso, no entanto, será submetido ao plenário do Supremo provavelmente na próxima semana.

    Leia tudo sobre: escândalo no df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG