Secretário de Arruda pede afastamento do governo

Arantes é personagem central do escândalo de corrupção; ele aparece no vídeo em que Arruda recebe um maço de dinheiro de Durval

Gustavo Gantois, iG Brasília |

Rodrigo Arantes, sobrinho e secretário particular do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (ex-DEM), pediu neste domingo afastamento do cargo que ocupava no governo.

Arantes é personagem central do escândalo de corrupção que abalou a capital federal. Ele aparece no vídeo em que Arruda recebe um maço de dinheiro de Durval Barbosa e também foi acusado pelo servidor aposentado Antonio Bento da Silva de ser o articulador do suporto suborno ao jornalista Edson Sombra, que em troca deveria desacreditar os vídeos gravados por Durval.

Em nota divulgada no final da tarde deste domingo, Arantes nega que tenha intermediado o pagamento com Bento e afirma que seu nome foi citado indevida e maldosamente pelo ex-servidor da Companhia Energética de Brasília. Procurado pelo iG , nem Arantes e nem a assessoria do governador quiseram se manifestar.

Leia a íntegra da nota divulgada por Rodrigo Arantes:

"Meu nome foi citado indevida e maldosamente pelo senhor Antônio Bento da Silva numa história fantasiosa e absurda, construída como parte da farsa arquitetada contra o governador José Roberto Arruda.

Todas as pessoas que procuram audiência com o Governador passam por mim, na condição de seu secretário particular.

O senhor Antônio Bento me procurou inúmeras vezes, nos últimos 15 dias, pedindo audiência com o governador.

O governador José Roberto Arruda não o recebeu e eu deixei claro para ele que não haveria a audiência, em face do volume de compromissos na agenda.

O senhor Antônio Bento não tratou comigo nenhum outro assunto que não fosse o pedido de audiência, e também não me informou os assuntos que pretendia tratar no encontro.

Estou pedindo nesta data meu afastamento da função que exerço no governo, até a completa apuração dos fatos.

Para que isso ocorra com a celeridade que todos desejamos, coloco-me à inteira disposição das autoridades competentes, para todo e qualquer esclarecimento.

Confiante na Justiça, estou certo de que a verdade será restabelecida e a farsa desmascarada.

Rodrigo Diniz Arantes"

    Leia tudo sobre: escândaloescândalo no df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG