Preso e investigado, Arruda ainda é "estrela" de site do DF

Governador afastado aparece em vídeos falando sobre diversos temas e em seção destinada ao envio de perguntas

Matheus Pichonelli, iG São Paulo |

Preso há mais de uma semana, e prestes a ser cassado pela Câmara Legislativa, o governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), ainda é estrela do site oficial da administração do DF, o Portal do Cidadão.

No portal, que praticamente ignora a prisão do governador eleito, Arruda aparece numa seção intitulada GDF Direto , meio pelo qual cidadãos do Distrito Federal podem enviar perguntas sobre questões relacionadas ao cotidiano brasiliense.

AE
O governador afastado e preso, José Roberto Arruda

O governador afastado aparece em vídeos, geralmente com cerca de um minuto, em que fala sobre drogas, violência, adolescência, falta de médicos em hospitais públicos, escassez de pontos de cultura, buracos nas vias e também de transporte público.

Ao lado dos vídeos, postados no YouTube, aparecem uma foto e a biografia de Arruda.

Em um dos últimos vídeos gravados, Arruda é perguntado quando teriam início as obras de expansão do metrô de Brasília em determinada região.

No vídeo, divulgado em novembro do ano passado, o então governador diz ter priorizado o término das obras na cidade-satélite de Ceilândia e que já havia determinado licitações para o início das obras em outros pontos.

"Se Deus quiser, no próximo ano, estaremos iniciando a expansão do metrô em Samambaia", prometia o governador, antes de ser celebrizado em outros vídeos - estes filmados por Durval Barbosa, ex-secretário de Arruda que no fim de 2009 entregou à Polícia Federal imagens da suposta distribuição de propina que ficou conhecida como "Mensalão do DEM".

Apesar da crise, e da ausência de vídeos postados neste ano, o "GDF Direto" ainda mantém aberto o convite para o internauta enviar perguntas ao governador.

Para isso, basta fazer um cadastro no site informando nome, CPF, CEP, e-mail, telefone e indicar uma senha.

    Leia tudo sobre: arrudaescândalo no df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG