Manifestantes pedem cassação de Jaqueline Roriz

Faixas e cartazes foram espalhados pelo caminho percorrido por parlamentares pedindo punição da deputada ligada a escândalo no DF

AE |

selo

A cidade de Brasília amanheceu hoje com faixas espalhadas pelo caminho dos parlamentares, pedindo a cassação da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), cujo processo será votado hoje, na Câmara . O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Casa recomendou a cassação da deputada, por ela ter sido flagrada em um vídeo recebendo um pacote de dinheiro do delator do mensalão do DEM, Durval Barbosa. A gravação foi divulgada em primeira mão em março pelo portal do Estado.

As faixas foram espalhadas pela capital desde o aeroporto, passando pela Asa Sul, pela Esplanada dos Ministérios até a entrada do Congresso Nacional. Foram feitas ainda inscrições no asfalto com a frase "Fora Jaqueline Roriz". Nas faixas, há pedidos diretos aos parlamentares para que votem a favor da cassação da colega. As manifestações não têm assinatura.

Até agora, Jaqueline tem evitado se manifestar sobre o conteúdo da gravação. O único argumento usado por ela para tentar sensibilizar os colegas é de que o vídeo é de 2006, quando ainda não era parlamentar.

O relator do processo no Conselho de Ética, Carlos Sampaio (PSDB-SP), porém, argumentou que a gravação só foi conhecida agora e, portanto, a ação de Jaqueline não era do conhecimento dos eleitores quando deram seus votos a ela. O relatório foi aprovado no Conselho por 11 votos a 3. No plenário, são necessários 257 votos favoráveis entre os 513 deputados para que Jaqueline perca o mandato.

    Leia tudo sobre: escândalo no DFjaqueline roriz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG