Governo do DF entrega amanhã à Justiça dados sobre contratos de informática

Brasília - O governo do Distrito Federal (GDF) deve entregar amanhã (6) os dados sobre pagamento de contratos de informática solicitados pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Agência Brasil |

No último dia 18, o tribunal pediu informações sobre contratos firmados entre 2007 e 2009, mas, segundo o GDF, serão entregues planilhas com dados sobre pagamentos feitos entre 1999 e 2009, o que abrange o período do governo anterior ao de José Roberto Arruda (Joaquim Roriz, que deixou o cargo em 2006 para concorrer ao Senado e foi substituído pela vice-governadora Maria de Lourdes Abadia).

O STJ pediu as informações para apurar supostas irregularidades reveladas pela Polícia Federal na Operação Caixa de Pandora, que investigou denúncias de distribuição de recursos ilegais do governo distrital à sua base aliada. De acordo com as investigações, os recursos viriam de empresas que prestam serviço ao governo do Distrito Federal. Arruda foi acusado por um ex-secretário de receber R$ 3 milhões de propina relativa a contratos com empresas de informática.

Os dados serão entregues ao STJ pela Secretaria de Fazenda do Distrito Federal e deverão ter a indicação das respectivas ordens bancárias, datas de pagamento e contas que receberam os créditos.

Hoje (5) de manhã, o governador José Roberto Arruda reuniu-se a portas fechadas com os secretários de Estado para definir o cronograma de ações para este ano.

Segundo assessores do GDF, não foram mencionadas na reunião as denúncias veiculadas na imprensa de que parentes de Arruda teriam comprado vários imóveis na capital federal e declarado valores abaixo dos de mercado.

    Leia tudo sobre: escândaloescândalo no df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG