Governo do DF afirma que prisão de Antônio Bento é "armação"

Servidor foi preso em flagrante suspeito de tentar subornar testemunha do inquérito que investiga corrupção no governo do DF

Rodrigo Haidar, iG Brasília |

O governo do Distrito Federal divulgou nota nesta quinta-feira na qual afirma que o episódio da prisão do servidor aposentado Antônio Bento da Silva é "mais uma tentativa de armação do grupo de Durval Barbosa para comprometer o GDF e turvar as investigações". Por meio da assessoria de imprensa, o governo distrital diz que " repudia as insinuações divulgadas e nega qualquer envolvimento com este lamentável episódio".

Na manhã desta quinta, a Polícia Federal prendeu Bento com R$ 200 mil em dinheiro vivo no ato da entrega ao jornalista Edmilson Edson dos Santos, o Edson Sombra. O jornalista foi o responsável por encorajar Durval Barbosa, ex-secretario de Relações Institucionais e pivô do escândalo do DF, a contar como funcionava o esquema de corrupção montado no governo José Roberto Arruda (sem partido). 

Autoridades que trabalham na investigação informaram ao iG que esta seria apenas a primeira de seis parcelas de R$ 200 mil. Em troca, Sombra deveria desacreditar os vídeos do escândalo em carta que também está nas mãos dos investigadores. O governador José Roberto Arruda é suspeito de envolvimento na tentativa de suborno do jornalista. O servidor dizia ao jornalista que agia em nome do governador.

Na nota, o governo do DF afirma que Antônio Bento trabalha para Edson Sombra no jornal O Distrital, onde ocupa o cargo de Diretor Comercial. E que nos últimos 15 dias o Sr. Antônio Bento procurou insistentemente o GDF, primeiro com o pedido de um encontro entre o jornalista Edson Sombra e o governador Arruda; e, a seguir, com pedido de patrocínio para o referido jornal. Todos os pedidos foram negados.

Leia a nota à imprensa:

"Com relação ao noticiário envolvendo a prisão do Sr. Antônio Bento, na manhã de hoje, o GDF tem a esclarecer:

1. O jornalista Edson Sombra é intimo colaborador de Durval Barbosa, tendo-o assessorado durante as denúncias feitas contra o GDF.

2. O Sr. Antônio Bento trabalha para o jornalista Edson Sombra no jornal O Distrital, de propriedade deste, onde ocupa o cargo de Diretor Comercial.

3. Nos últimos 15 dias o Sr. Antônio Bento procurou insistentemente o GDF, primeiro com o pedido de um encontro entre o jornalista Edson Sombra e o governador Arruda; e, a seguir, com pedido de patrocínio para o referido jornal. Todos os pedidos foram negados.

4. O Sr. Antônio Bento é membro do Conselho Fiscal do Metrô, cargo para o qual foi indicado em 2007 pelo mesmo grupo de Durval Barbosa.

5. O nome de Antônio Bento constava do expediente no site do jornal O Distrital até as 12h46 de hoje. Causa estranheza o fato de o nome ter sido retirado do site, à tarde, em uma clara tentativa de ocultar o fato de ele ser empregado de Edson Sombra. (imagens do site em anexo).

6. Fica evidenciada mais uma tentativa de armação do grupo de Durval Barbosa para comprometer o GDF e turvar as investigações.

7. O GDF repudia as insinuações divulgadas e nega qualquer envolvimento com este lamentável episódio."

    Leia tudo sobre: escândalo no df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG