sinceras desculpas - Escândalo no DF - iG" /

Deputado do dinheiro nas meias divulga carta para pedir sinceras desculpas

O deputado Leonardo Prudente (ex-DEM), flagrado colocando maços de dinheiro de suposta propina do Mensalão do DEM nas meias, divulgou uma carta pública nesta sexta-feira na qual reconhece que as imagens, veiculadas à exaustão pela imprensa, são fortes e pede sinceras desculpas, pelo constrangimento que toda essa situação provocou. O deputado afirma ainda que não será candidato em 2010, confessa ter errado, mas pondera que está pagando um preço muito alto pela crise política em Brasília.

iG São Paulo com Agência Estado |

"A repetição da imagem onde aparece recebendo recursos de campanha não contabilizados em setembro de 2006, como se fossem atuais, devo admitir, são muito fortes. Mais forte ainda a versão dada à minha participação em oração feita pelo deputado Brunelli, ocorrida em setembro de 2009 e que não tem qualquer vinculação de causa e efeito com as imagens de 2006", afirma o deputado, se referindo a outro vídeo, no qual aparece ao lado do deputado Júnior Brunelli (PSC) agradecendo pela vida do ex-secretário Durval Barbosa, delator do esquema de corrupção, que antes exercia a função de distribuir parte da propina.

AE
Prudente deixa deixa a Câmara Distrital do DF
"Já admiti publicamente e reafirmo que errei, e estou pagando um preço muito alto, mas tenho certeza que as investigações irão revelar a verdade dos fatos e que o processo legal e a justiça serão novamente restabelecidos", continua.

A Comissão de Ética da Câmara Legislativa abriu processo disciplinar, nesta quinta-feira, contra Leonardo Prudente e outros dois deputados envolvidos no esquema de corrupção local - Eurides Brito (PMDB) e Júnior Brunelli (PSC). A renúncia deles ao mandato é dada como certa. Ao renunciarem, extingue-se o processo disciplinar na Câmara. Caso sejam notificados sobre o processo (o que até o momento não ocorreu), mesmo que renunciem, os três deputados não ficarão livres da inelegibilidade decretada pela Casa ao final do processo.

Cerca de 10 mil cópias da carta de Leonardo Prudente devem ser distribuídas aos eleitores do deputado, segundo a assessoria de imprensa dele. Os assessores do deputado afirmam ainda que a mensagem é uma "prestação de contas" à cidade, não é uma carta de despedida e nem um sinal de renúncia.

Veja íntegra da carta de Leonardo Prudente:

"Carta aberta aos amigos de Brasília

Prezado(a) Sr (a).,
Tomo a liberdade de lhe mandar essa carta em razão do momento político grave que estamos vivendo. O seu nome faz parte de um rol de amigos que acompanham direta ou indiretamente o nosso mandato, e certamente estão perplexos com os últimos acontecimentos políticos em nossa Capital e, em especial os que envolvem a minha pessoa.

Tenho estado em silêncio esses dias, aguardando o momento certo para apresentar minha defesa, mas quero dizer-lhe que esses têm sido dias de muita dor e sofrimento, não só para Brasília, mas também para mim, minha família e todo o nosso gabinete.

A repetição da imagem onde aparece recebendo recursos de campanha não contabilizados em setembro de 2006, como se fossem atuais, devo admitir, são muito fortes. Mais forte ainda a versão dada à minha participação em oração feita pelo deputado Brunelli, ocorrida em setembro de 2009 e que não tem qualquer vinculação de causa e efeito com as imagens de 2006.

As versões foram maldosamente apresentadas para confundir o telespectador, gerar comoção, indignação e liquidar meu mandato, minha honra e meu futuro político.

Não quero aqui menosprezar os fatos nem tampouco desqualificar as imagens. Quero apenas colocar as coisas no seu devido tempo e lugar.

Já admiti publicamente e reafirmo que errei, e estou pagando um preço muito alto, mas tenho certeza que as investigações irão revelar a verdade dos fatos e que o processo legal e a justiça serão novamente restabelecidos.

Espero que você e sua família que possam estar desvencilhados de prejulgamentos e eu avaliem com serenidade o julgamento que setores da mídia já fizeram a meu respeito.

Não serei candidato a nenhum cargo eletivo em 2010, apenas desejo refutar os fatos inerentes a minha pessoa, colocando-os na forma verdadeira como eles ocorreram.

Oportunamente, peço minhas sinceras desculpas, pelo constrangimento que toda essa situação provocou. Espero mantê-lo informado dos próximos acontecimentos.

Atenciosamente,
Leonardo Prudente
Deputado Distrital"

Leia também:

Leia mais sobre Escândalo no DF

    Leia tudo sobre: escândalo no df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG